terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Elias marca gol em partida beneficente na cidade de Campos

Foto: Luciano Azevedo/ Guarus.net
O atacante do Botafogo, Elias, que marcou 10 gols no Brasileirão 2013, tem curtido as férias na sua cidade natal, Campos dos Goytacazes-RJ. No domingo (15), Elias participou do Jogo das Estrelas no Estádio do Goytacaz, no qual marcou dois gols. E nesta terça-feira, Elias, que é nascido e criado na localidade de Boavista, próximo a Três Vendas, participou do 2º Futebol Beneficente no campo do Associação, no Parque Guarus. E mais uma vez, o atacante do Botafogo deixou sua marca de artilheiro.


Elias atuou ao lado de jogadores de grandes clubes brasileiros, como Gil, do Corinthians; e Jomar e Romário, ambos do Vasco. A partida festiva terminou com a vitória do time de Elias por 3 a 1.

Elias falou exclusivamente ao Blog Estrela Solitária no Coração. Perguntado sobre o fato dele ter tido de disputar vaga com vários atacantes no time, como Rafael Marques, Bruno Mendes, Henrique, Alex e Sassá, Elias disse que o objetivo dele era se firmar na equipe.

- Sempre tive o objetivo de jogar em time grande. Rodei muito. Cheguei ao Bahia, voltei para o Resende. O Botafogo tinha vários atacantes bons. Mas fui trabalhando, fazendo a minha a parte. O professor Oswaldo me deu a oportunidade. Com ele jogava quem tava bem - afirmou Elias.

Em relação ao grupo, Elias comentou que o grupo era fechado. “Nunca vi um grupo igual”, falou o atacante do Botafogo. Quanto à convivência com Seedorf, Elias disse que era muito boa. “Sempre me dava conselho. Me ajudou muito. Por ele entender muito. Faz isto, aquilo. Você vai se dar bem. A maioria dos gols que fiz foi com passe dele”, revelou Elias, que expressou a vontade de ficar no clube. “Eu quero ficar. Sonho em disputar a Libertadores”.

Wesley Machado

domingo, 22 de dezembro de 2013

Botafogo na série especial Campeões do Brasil do Esporte Espetacular

A reportagem da série Campeões do Brasil do Esporte Espetacular deste domingo foi sobre os dois títulos nacionais do Botafogo, a Taça Brasil de 68/69 e o Campeonato Brasileiro de 95. Foi bom ouvir Paulo César Caju dizendo que o Botafogo é um time rebuscado. Ele não utilizou exatamente este termo, usou outro que não lembro agora, comparando-o ao tricolor Chico Buarque e aos vascaínos Paulinho da Viola e Martinho da Vila, se fosse uma música. Lembrou que Vinicius de Moraes era botafoguense e que fez uma festa para comemorar a conquista do título de 68/69. Só achei que tinham de ter ouvido o Afonsinho, capitão daquela equipe e que levantou a taça na final. Com todo respeito ao Jairzinho Furacão, um dos maiores craques da história do Botafogo, artilheiro da Copa de 70, tendo marcado gols em todos os jogos daquele Mundial no México; e que foi homenageado por mim numa música que fiz para o Botafogo e que em breve vou gravar; mas o Jair, contundido, quase não jogou naquele certame.

O depoimento do jovem sobre a superstição na finalíssima contra o Santos em 95 também foi muito interessante. O rapaz, com uma camisa de mangas compridas da época, com patrocínio da Seven Up, contou que no momento do gol do Santos, que também foi irregular, assim como o de Túlio, a mãe dele entrou no quarto, o que para ele não deu sorte. Eu também acredito muito nessas coisas. Na última rodada do Brasileirão 2013, Dia de Nossa Senhora da Conceição, padroeira do Botafogo, no jogo em que o Botafogo precisava vencer para continuar sonhando com a vaga na Libertadores, que conseguimos com a ajuda do Santos e do Lanús; eu usei uma camisa de treino de 96 (último ano em que o Botafogo havia disputado a principal competição continental ), autografada pelo Túlio Maravilha; e um chapeuzinho preto do Botafogo, tipo do que o Emil Pinheiro usava na campanha de 89. A camisa não sei, mas o chapeuzinho vou usar em todos os jogos do Botafogo na Libertadores, enquanto estiver dando certo. Até porque, se passarmos pelos equatorianos, depois de mais perto do céu, teremos pela frente o time do Papa. E precisaremos de muita reza para irmos adiante.


Postado por Wesley Machado.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Pai do atual técnico do Flamengo teve papel fundamental no Jogo do Senta

Recorte de jornal da época com a foto de jogadores do Flamengo sentados.

A determinação para que os jogadores do Flamengo se sentassem no gramado, numa partida do Campeonato Carioca do ano de 1944 contra o Botafogo, partiu dos dirigentes Marino Machado e Francisco Abreu, do time da beira da lagoa, conforme declaração a época do técnico Flávio Costa, que não teria concordado com a iniciativa, apesar de ter tido de acatar a decisão. A afirmação foi consubstanciada pelo jornalista botafoguense Roberto Porto, em crônica em seu blog de 30 de abril de 2009. Mas o que veio à tona agora é que a ordem foi executada pelo então capitão da equipe rubro-negra, Jayme, pai do atual técnico do Flamengo Jayme de Almeida. A revelação, feita pelo próprio técnico do Flamengo, está contida na entrevista que o treinador concedeu ao repórter Silvio Barsetti. A reportagem foi publicada nesta quinta-feira (19) no jornal Estado de São Paulo, o “Estadão”.

O pai do atual técnico do Flamengo, também Jayme.

Na entrevista, Jayme de Almeida diz que o fato não tem relação com o que acontece atualmente com o grupo Bom Senso. “É bem diferente. Aquilo foi um protesto contra a arbitragem”. Apesar desta declaração, no título da matéria, está descrito que o Flamengo teria germinado o movimento do Bom Senso FC, numa artimanha do editor. Jayme acusa o golpe e reconhece que a atitude dos jogadores do Flamengo em sentar em campo foi uma verdadeira vergonha. “Meu pai não gostava de falar do assunto, ficava constrangido. Nunca passei por isso. E não concordo com o que foi feito. Hoje em dia uma atitude como aquela seria um escândalo.” O técnico do Flamengo revela que o pai dele, que era o capitão do time, foi o maestro da sentação. “Ele era um dos líderes do Flamengo. Pelo que ele me contava, também cercou o árbitro para reclamar do gol irregular e depois pediu aos colegas que sentassem em campo. Foi dizendo: 'Vamos sentar no gramado, todos, vamos, vamos!' Não iam mais continuar a partida, que foi encerrada”.

69 anos depois, jogadores do Flamengo voltaram a sentar em campo.

A comparação do Jogo do Senta com o Movimento Bom Senso F.C. se deu porque na antepenúltima rodada do Brasileirão 2013, os jogadores se sentaram em várias partidas. No jogo do Botafogo, os jogadores preferiram ficar ajoelhados.

Jogadores do Botafogo se recusam a sentar e preferem ficar ajoelhados.

O Jogo do Senta, que completará 70 anos em 2014, será tema de um livro do jornalista Paulo César Guimarães. O livro será editado pela Editora Livros de Futebol, do botafoguense César Oliveira, que deu o provocativo subtítulo: "A verdadeira origem do chororô".

Para saber mais sobre o Jogo do Senta, clique no link a seguir: http://pt.wikipedia.org/wiki/Jogo_do_Senta

Detalhe para os moradores da região norte-noroeste do Rio de Janeiro, Jayme pai seria de São Fidélis, conforme está na mini-biografia do ex-jogador na Wikipédia.

Imagens: Reprodução do Blog do PC e do Blog do Leitesf.

Por Wesley Machado.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Foi na fé!


Antes que Cássio me cobre, vou logo dizendo que cumprirei a promessa de caminhar até Santa Cruz, onde está localizada a Igreja de Santa Rita de Cássia, de quem a mãe de Cássio, a querida dona Euzy Peixoto, duas vezes candidata a prefeita de Campos, é devota e que inspirou o nome do nosso amigo botafoguense. Pois que em 2009, Cássio recorreu à Santa, conhecida por atender causas impossíveis; e com ajuda dela e do endiabrado Jóbson nos livramos do rebaixamento. De quebra, faturamos o título do Campeonato Carioca de 2010. E a promessa foi cumprida por Cássio, Álvaro Marcos e Fabiano Seixas, o "Sepé". Eu furei pois no dia posterior ao marcado para cumprir a promessa, tinha uma prova de concurso e fiquei receioso de prejudicar a minha preparação.

Mas em 2014 prometo que vou sim a pé até Santa Cruz, como Cássio pediu. Em 2010, o 22 de maio, data em que é comemorado o dia de Santa Rita de Cássia, caiu num sábado, o que facilitou a peregrinação. Em 2014, cairá numa quinta-feira. Vamos ver o que faremos para nos adequar às atividades diárias. Um motivo a mais para agradecer à Santa Rita de Cássia é que descobri que a Santa das Causas Impossíveis é Padroeira do Santos. Isto mesmo. Logo o time de São Paulo que tem nome genérico e que poderia ser de qualquer Santo, é devoto logo de Santa Rita de Cássia. E se não fosse o Santos, o Botafogo não estaria na Libertadores. Não bastava ao Botafogo a vitória sobre o Criciúma, que aconteceu. Mas, numa combinação de resultados, o Santos também venceu o Goiás e mantivemos o sonho da classificação à principal competição continental.

Devemos muito também à Nossa Senhora da Conceição, a quem o Botafogo foi consagrado no dia da fusão do Botafogo de Futebol com o Botafogo de Regatas, dia 8 de dezembro de 1942, dia de Nossa Senhora da Conceição, padroeira de Portugal. Foi também num dia 8 de dezembro que a sede de General Severiano foi devolvida ao Botafogo, em 1995. Dias depois fomos campeões brasileiros. E calhou de a última rodada do Brasileirão 2013 cair no dia 8 de dezembro. Não à toa eu estava tão confiante da classificação, mesmo diante da incredulidade do meu pai, que achava quase impossível dar tudo certo. Ainda teríamos de esperar mais três dias pela final da Copa Sul-Americana. Não poderia a Ponte Preta, Macaca Velha, depois de mais de 100 anos de tradição em amarelar em finais, dar o ar da graça logo quando o Botafogo precisava que o Lanús no fim do túnel não se apagasse.

Foi aí que estrela brilhou. Lá do céu, Nilton Santos, morto recentemente; Armando Nogueira, Garrincha, Didi, Heleno de Freitas, João Saldanha, Sandro Moreyra, Carlito Rocha, Biriba e outros botafoguenses históricos, rezaram por e para nós. E Deus quis. Agora ficamos sabendo que lá do alto, passando pelo time equatoriano, teremos pela frente o time do Papa. Isto mesmo. O San Lorenzo da Argentina, para o qual torce o Papa Francisco, será nosso primeiro adversário em casa na fase de grupos. Será uma tarefa árdua vencer os pedidos de Homem tão próximo do Senhor. Mas o Botafogo é forte. Jesus, o Libertador, sofreu como sofremos nós torcedores deste clube ao mesmo tempo Glorioso e cheio de estigmas. Não podes perder, perder para ninguém. Botafogo, Botafogo, é chegada a sua hora. Vamos com fé. Que a vitória vem para quem luta.

Wesley Machado

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Botafogo enfrenta o Deportivo Quito na altitude do Equador na 1ª fase da Libertadores

O Botafogo enfrentará o Deportivo Quito, na altitude do Equador, na 1ª fase da Libertadores, provavelmente no dia 29 de janeiro. A definição aconteceu na madrugada desta sexta-feira (13) em cerimônia da Conmebol em Assunção, Paraguai. O Botafogo fará a 2ª partida em casa, provavelmente no dia 5 de fevereiro. Passando para a fase de grupos, o Botafogo cai no grupo 2, que tem o Unión Española, do Chile; O Independente José Terán, do Equador; e o campeão argentino, que será definido neste final de semana, ou no mais tardar, na quarta-feira da semana que vem, podendo ser o Lanús, que até então foi nosso co-irmão; ou o San Lorenzo, o time do Papa.

Wesley Machado

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Botafogo empresta goleiro Andrey ao Bangu

Foto: Patrick Szymshek/Lancepress!
O quarto goleiro do Botafogo, Andrey, de 20 anos, 1,90m e 82kg, foi emprestado ao Bangu para a disputa do Campeonato Carioca. Andrey não vinha tendo oportunidades no Botafogo, que já conta, além do goleiro de seleção Jéfferson, com o reserva Renan e o terceiro goleiro Milton Raphael. Andrey foi campeão carioca sub-20 em 2011 no time que tinha ainda Vitinho, Jádson, Gilberto, Cidinho e Jéfferson Paulista. Na semi-final da Taça Guanabara de Juniores de 2013, Andrey defendeu um pênalti contra o Flamengo que garantiu a classificação do Botafogo para a final, onde perdeu para o Fluminense.

Ele se juntará ao também ex-jogador do Botafogo, o goleiro Luís Guilherme, que integrou as seleções de base e teve passagens pelo Arsenal e pelo Manchester City, na Inglaterra; e pelo Lyon da França. Luís Guilherme também esteve emprestado ao Boavista, onde se destacou em 2012 ao fazer belas defesas no amistoso contra o time montado para ajudar Túlio a fazer o milésimo gol.

Wesley Machado

Pílulas de amenidades para aliviar a tensão

Lembrando que além da final da Sul-Americana nesta quarta, às 21h50 de Brasília ("Há um Lanús no fim do túnel!"), na quinta está previsto o anúncio do novo técnico e o sorteio dos grupos da Libertadores. Vamos lá!


Clarice Lispector morreu um dia antes de nascer. Isto mesmo que você está lendo. A escritora ucraniana radicada no Brasil completaria nesta terça-feira (10/12), 93 anos, se estivesse viva. O curioso é que Clarice Lispector morreu no dia 9 de dezembro de 1977, um dia antes de comemorar o aniversário de 57 anos. Para ela: “Estrelas são os olhos de Deus vigiando para que corra tudo bem”. Para mim Deus é o Sol. Por isso não podemos chegar perto Dele.

Nascida Haia (Vida), naturalizou-se brasileira e virou Clarice. Morou no Recife e no Rio de Janeiro. Na antiga capital federal, escreveu para o jornal Correio da Manhã uma seção feminina, na qual usou o pseudônimo Helen Palmer, que tem rendido uma série no Fantástico intitulada Correio Feminino, aliás muito bem dirigida pelo inovador Luiz Fernando Carvalho, com um visual colorido, câmera movimentada e o texto, como não podia deixar de ser, primoroso. Além, é claro, da boa e surpreendente interpretação da bela Luiza Brunet, que caiu muito bem no papel. Mas por que falar de Clarice Lispector num Blog sobre o Botafogo? Simplesmente porque ela era declarada botafoguense. Numa crônica que escreveu para o Jornal do Brasil (JB) – extinto no impresso, agora só on-line – e que foi publicado no dia 30 de março de 1968, Clarice fala sobre seu amor ao time da estrela solitária.


Clarice Lispector, a antepenúltima em pé da esquerda para a direita, faz parte da seleção de artistas botafoguenses. (Imagem ilustrativa inclusa no livro "Botafogo - Entre o Céu e o Inferno", de Sérgio Augusto)

O texto é uma resposta a uma provocação do também botafoguense, o poeta Armando Nogueira, que afirmou que trocaria uma vitória do seu time por uma crônica de Clarice Lispector sobre futebol. No que Clarice respondeu com a crônica: ““Armando Nogueira, futebol e eu, coitada”, cujos trechos você caro leito confere a seguir:

“(...) Deixe eu lhe contar minhas relações com futebol, que justificam o coitada do título. Sou Botafogo, o que já começa por ser um pequeno drama que não torno maior porque sempre procuro reter, como as rédeas de um cavalo, minha tendência ao excessivo. É o seguinte: não me é fácil tomar partido em futebol – mas como poderia eu me isentar a tal ponto da vida do Brasil? – porque tenho um filho Botafogo e outro Flamengo. E sinto que estou traindo o filho Flamengo. Embora a culpa não seja toda minha, e aí vem uma queixa contra meu filho: ele também era Botafogo, e sem mais nem menos, talvez só para agradar o pai, resolveu um dia passar para o Flamengo. Já então era tarde demais para eu resolver, mesmo com esforço, não ser de nenhum partido: eu tinha me dado toda ao Botafogo, inclusive dado a ele minha ignorância apaixonada por futebol. Digo “ignorância apaixonada” porque sinto que eu poderia vir um dia apaixonadamente a entender de futebol.

E agora vou contar o pior: fora as vezes que vi por televisão, só assisti a um jogo de futebol na vida, quero dizer, de corpo presente. Sinto que isso é tão errado como se eu fosse uma brasileira errada.

O jogo qual era? Sei que era Botafogo, mas não me lembro contra quem. Quem estava comigo não despregava os olhos do campo, como eu, mas entendia tudo. E eu de vez em quando, mesmo sentindo que estava incomodando, não me continha e fazia perguntas. As quais eram respondidas com a maior pressa e resumo para eu não continuar a interromper.

Não, não imagine que vou dizer que futebol é um verdadeiro balé. Lembrou-me foi uma luta entre vida e morte, como de gladiadores. E eu – provavelmente coitada de novo – tinha a impressão de que a luta só não saía das regras do jogo e se tornava sangrenta porque um juiz vigiava, não deixava, e mandaria para fora de campo quem como eu faria, se jogasse (!). Bem, por mais amor que eu tivesse por futebol, jamais me ocorreria jogar...Ia preferir balé mesmo. Mas futebol parecer-se com balé? O futebol tem uma beleza própria dos movimentos que não precisa de comparações.

Quanto a assistir por televisão, meu filho botafoguense assiste comigo. E quando faço perguntas, provavelmente bem tolas como leiga que sou, ele responde com uma mistura de impaciência piedosa que se transforma depois em paciência quase mal controlada, e alguma ternura pela mãe que, se sabe outras coisas, é obrigada a valer-se do filho para essas lições. Também ele responde bem rápido, para não perder os lances do jogo. E se continuo de vez em quando a perguntar, termina dizendo embora sem cólera: ah, mamãe, você não entende mesmo disso, não adianta (...) ”.


Clarice termina o texto, que também pode ser lido no livro “A descoberta do mundo” (Editora Rocco, 1984), devolvendo o desafio a Armando Nogueira, sugerindo que ele escrevesse sobre a vida.
Aliás, Clarice tinha uma relação com a morte. Em um poema, outro (salvo engano) botafoguense, João Cabral de Melo Neto, conta que Clarice ao ouvir uma conversa de algumas pessoas, homens em sua maioria, sobre futebol, teria dito, coisa do tipo: “Vamos deixar de falar de futebol e vamos falar da morte”.
Talvez por isso, ela tenha morrido um dia antes de comemorar aniversário. Ela que tem como livro mais famoso, “A Hora da Estrela”, mais uma obsessão da escritora, a estrela, que aparece em outros textos, como na citação no início deste, e que pode muito bem ser uma referência ao seu clube do coração.

Wesley Machado

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Botafogo anuncia saída de Oswaldo

Em nota oficial, o Botafogo anunciou no fim da tarde desta segunda-feira (9) a saída do técnico Oswaldo de Oliveira do clube. Confira a nota:

"O Botafogo de Futebol e Regatas comunica que, em consenso entre as partes, Oswaldo de Oliveira não será o treinador do clube na temporada de 2014. A diretoria alvinegra esteve reunida na manhã desta segunda-feira, em General Severiano, e anunciará em breve o novo técnico.

Oswaldo de Oliveira comandou o time do Botafogo durante dois anos. No total, foram 133 jogos, com 64 vitórias, 38 empates e 31 derrotas. O técnico foi campeão carioca em 2013 e alcançou a quarta posição no Campeonato Brasileiro, além de colaborar na formação de jovens atletas.

O Botafogo agradece a Oswaldo pelos serviços prestados e deseja sorte em seus futuros desafios."

Com informações do site oficial do Botafogo.

Postado por Wesley Machado.

Ainda não acabou mas estamos quase lá


O campeonato ainda não acabou para o Botafogo. O time fez sua parte e muito bem. E manteve vivo o sonho de disputar a Libertadores. Claro que o ideal seria estarmos disputando o título, como estávamos até certa rodada do Brasileirão, mas como disse a torcida em razão das circunstâncias, a Libertadores virou obrigação. Quem sabe não fazemos igual ao Atlético Mineiro, que depois de anos sem disputar a principal competição continental, se sagrou campeão.


Mas antes temos de secar a Ponte Preta quarta-feira na Argentina. A Ponte tem um histórico desfavorável. Foi vice-campeã várias vezes do Paulista. Não é possível que será agora que quebrará o encanto. Uma coisas destas não pode acontecer ao Botafogo, que merece a vaga na Liberta. É muito mais time que a Ponte, que não é à toa que caiu no Brasileiro.


O Lanús é um time cascudo, vem bem na temporada e tem o Santiago, carrasco do Fluminense, que perdeu um gol incrível na 1ª partida, que terminou empatada em 1 a 1. E se a Ponte tem um histórico desfavorável, o Lanús já foi campeão da antiga Conmebol.


Ao saber que se o jogo terminar empatado vai para a prorrogação – na final da Sul-Americana não tem saldo qualificado – fiquei mais tranqüilo. Porque se fosse direto para os pênaltis era perigoso. Na prorrogação, vai vencer o time que tiver mais condições físicas. E or argentinos são sempre determinados neste quesito.

Quanto ao jogo de ontem, destaco o show da torcida, que impressionou o técnico Oswaldo do Oliveira, que na entrevista após o jogo disse que se surpreendeu quando entrou em campo. Se torcida não ganha jogo, é certo que a presença maciça de torcedores no estádio motiva os jogadores a fazerem uma partida melhor. E isto pôde ser visto na vontade de Lodeiro, que sejamos justos, nunca deixou de se dedicar, na bela partida do Júlio César. E na alegria de Seedorf, que salvo engano fez seu primeiro gol de cabeça pelo Botafogo.


Esperamos agora que em se confirmando a vaga na Libertadores que Seedorf e Oswaldo permaneçam no clube. Jéfferson e Lodeiro vão para a Copa e contamos com eles de volta também. Que a base, que é muito boa, seja mantida. Ah, Bruno Mendes prá mim também tem de ficar. E que sejam feitas contratações fortes, como de um atacante matador. Não ouvi falar mais sobre o Jorge Wagner, que parece que ele já acertou. O Lucas, lateral-direito, está voltando. Enfim, temos condições de fazermos uma boa campanha na Libertadores. Esperamos reencontrar com o rubro-negro e nos vingarmos da goleada na Copa do Brasil. Para terminar, deixo vocês com duas letras de músicas que fiz para o nosso amado Botafogo:


Dá-lhe Fogão
Dá-lhe Fogão
Ô, ô
Quero ver gol, comemorar
Laiá
Hoje é dia de alegria
O Botafogo vai ganhar
(BIS)

O jogo vai começar
Quero ver raça e amor
Não pode ter bola perdida
Honrem a camisa e o torcedor
(BIS)

***

Botafogo, Botafogo
Orgulho do meu coração
Botafogo, Botafogo
É lindo te ver campeão
(BIS)

O meu time tem história
Títulos e tradição
É o clube que mais cedeu
Jogadores à Seleção

No Bi-campeonato Mundial
A base era o meu Fogão
E no Tri lá no México
O artilheiro foi Jair Furacão


Botafogo, Botafogo
Orgulho do meu coração
Botafogo, Botafogo
É lindo te ver campeão
(BIS)


20 vezes campeão carioca
Tem dois títulos brasileiros
Campeão sul-americano
De torneios no mundo inteiro

Esse é o meu Glorioso
Alvinegro vencedor
Tua estrela solitária
Ilumina o nosso amor


Botafogo, Botafogo
Orgulho do meu coração
Botafogo, Botafogo
É lindo te ver campeão
(BIS)


Por Wesley Machado
Fotos: Bruno de Lima/ LANCE!Press

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Cuide da gente lá do céu


Eu sentei ao lado dele. No dia anterior, o Botafogo havia, salvo engano, empatado com o Grêmio após estar vencendo o jogo por 2 a 0. Perguntei ao Nilton se ele tinha visto o jogo. Ele me respondeu: “Meu filho, eu não vejo mais futebol”.

Nos últimos anos, ele esteve internado. Com Mal de Alzheimer, a memória do Enciclopédia não era mais a mesma. Liguei algumas vezes para a esposa dele para saber notícias. Nenhuma novidade. Nilton Santos de vez em quando recebia visitas de jogadores do Botafogo.

A camisa alvinegra com a estrela solitária foi a única de um time profissional que ele vestiu depois do Flexeiras, o time do bairro onde ele morava no Rio, que depois virou aeroporto. Além das camisas do Flexeiras e do Botafogo, Nilton Santos só vestiu as das seleções carioca e brasileira. Não perdeu nenhuma das 26 decisões que disputou.

Era compadre de Garrincha. Na entrevista concedida a este jornalista em 2004, ano do centenário do Botafogo, ele revelou que a bola não passou debaixo das pernas deles, no tal drible que teria garantido a contratação do Anjo das Pernas Tortas.

Minha irmã acaba de ligar e dei a notícia a ela. Ela falou: “É, chegou a hora dele”. Realmente, ele estava com 88 anos. Já vinha sofrendo muito. Melhor descansar.

Wesley Machado

sábado, 23 de novembro de 2013

Botafogo Campeão do Torneio OPG (Sub-20) em cima do Flamengo

Depois de um vice-campeonato sobre o mesmo Flamengo também nos pênaltis em 2012, o Botafogo se sagrou campeão neste sábado do Torneio Otávio Pinto Guimarães (OPG), uma das mais tradicionais competições de juniores (sub-20) do Brasil. A conquista veio nos pênaltis após derrota no tempo normal por 3 a 2 na Gávea, com o Botafogo diminuindo no fim do jogo. O Fogão havia ganho a primeira partida por 2 a 1. O Flamengo vinha de um histórico de vencer nos pênaltis nos últimos dois anos. Além da vitória sobre o Botafogo em 2012, o Flamengo já havia vencido o Fluminense em 2011 também nos pênaltis. Valeu garotada por ter impedido o tri do Mengo e ter conquistado mais um título e um troféu que vai aumentar nossa sala em General Severiano!

Wesley Machado

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Renovam-se as esperanças!


Na segunda-feira minha filha pediu para ouvir uma música que ela diz ser a preferida dela: Dá lhe Fogo! Isto me animou para esta reta final do Brasileirão. Nesta terça vi várias pessoas com a camisa do Botafogo! Somos os melhores do Rio. Temos ainda muitas chances de chegar na Libertadores. Na penúltima rodada, Grêmio e Goiás se enfrentam e um vai tirar ponto do outro. Temos de fazer nossa parte. Foi muito bom ver o botafoguismo aflorado da minha filha Luiza, de 4 anos. Não sabe ela que se decidir mesmo ser botafoguense, vai sofrer muito. Mas sabemos que em muitos momentos temos alguns bons motivos de alegria. Precisamos terminar o ano com motivos para comemorar, por mais que saibamos que se realmente nos classificarmos para a Libertadores teremos de nos reforçar e bem. O Jorge Wagner parece que já acertou. Se o Bruno Mendes for mesmo embora, precisaremos de um atacante matador. O Lucas, lateral direito, está voltando. No mais, são jogadores para chegar e somar. Fazer um elenco forte, pois já temos um goleirão, um craque (Seedorf) e alguns bons jogadores. Se Renato resolver jogar o que sabe teremos um jogador talentosíssimo no meio-campo. Temos também um zagueiro jovem, com disposição e que joga sério, Dória. Esta é a nossa base. Não tem um grande time no Brasil no momento. O Cruzeiro foi campeão com méritos, mas não tem, por exemplo, um craque como Seedorf. Foi campeão mais pelo grupo que formou. O Botafogo se não se classificar para a Libertadores deverá lamentar pontos perdidos infantilmente ou em jogos em que faltou vontade, como contra o Goiás e Inter. Contra a Portuguesa, não faltou vontade, mas o time não teve competência para marcar um mísero golzinho. Tudo bem. Vamos sempre tentar entender e condescender com o Botafogo, afinal é mais que uma paixão, é um amor que não acaba, que não morre mesmo depois da nossa morte. Vai com a gente e se eterniza. Os jogadores passam, o clube fica. Seja o que São Carlito Rocha, São João Saldanha, São Manuel dos Santos Garrincha, São João Batista, Santa Helena, Nossa Senhora da Conceição, Santa Terezinha das Rosas, enfim, seja o que os Deuses do Futebol e o time, claro, quiserem.

Escrito por Wesley Machado.

Gata Botafogo - Carolina Louback


A seção Gata Botafogo está de volta com a bela Carolina Louback, campista de 19 anos, estudante do 2º período do curso de Psicologia da Universidade Estácio de Sá (UNESA) de Campos dos Goytacazes-RJ. Na oportunidade em que foi clicada, ela vestia a camisa número 5 com o nome de Leandro Guerreiro.

Foto e postagem: Wesley Machado

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Fantástico acha Peri da Pituba nas ruas de Lisboa

Uma reportagem do programa dominical da Globo, o Fantástico, que foi ao ar ontem, chocou os torcedores brasileiros. A matéria mostra o ex-jogador do Botafogo, Palmeiras, Bangu e Seleção Brasileira, Perivaldo, o Peri da Pituba, morando nas ruas de Lisboa, capital de Portugal. Apesar do estilo - Perivaldo se veste razoavelmente bem para um morador de rua - a reportagem mostrou que ex-jogador da seleção vive em situação degradante. Perivaldo - não confundir com o campeão da Conmebol de 93, este é do final da década de 70, início de 80 - disse que sente saudades da ex-mulher e dos filhos e quer voltar ao Brasil. Confira o vídeo no link a seguir: http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2013/11/ex-jogador-da-selecao-brasileira-vira-morador-de-rua-em-lisboa.html

Postado por Wesley Machado.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Lodeiro marca, dá assistência, Uruguai goleia Jordânia por 5 a 0 fora de casa e carimba passaporte para a Copa no Brasil

O meia-atacante  Nicolás Lodeiro, do Botafogo, teve participação efetiva, marcando um gol e dando uma assistência, na goleada de 5 a 0 da Seleção Uruguaia sobre a Jordânia nesta quarta-feira em partida válida pela repescagem, realizada no Estádio Internacional, em Amã, capital da Jordânia. Com a vitória por este placar elástico, a Celeste Olímpica praticamente garantiu sua participação na Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

Os outros gols foram marcados por Cavani, Stuani, Maxi Pereira e Cristian Rodríguez. O 2º jogo da repescagem será na próxima quarta-feira, dia 20, às 21 horas de Brasília, no Estádio Centenário, no Uruguai. Com a classificação, o Uruguai será um dos cabeças de chave de um dos oito grupos da Copa.

Wesley Machado

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Carioca

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ), divulgou  nesta terça-feira a tabela do Carioca 2014. O campeonato será disputado em turno único, com 16 equipes, todas contra todas, classificando-se as quatro melhores para as semi-finais. A 1ª rodada está marcada para o dia 19 de janeiro, um domingo, podendo serem marcadas partidas para o sábado, dia 18. As finais serão nos dias 6 e 13 de abril. O Botafogo estreará contra o Resende fora de casa. Na 3ª rodada, no dia 26 de janeiro, um domingo, também jogará fora contra a Cabofriense, em um jogo que deverá ser realizado no Estádio Alair Côrrea, que está para ser reformado, conforme intuito do time da região dos Lagos. Um bom jogo para o pessoal de Campos ir. O jogo contra o Macaé será no Rio. Os clássicos serão nas seguintes datas:

2/2 - Vasco x Botafogo (5ª rodada)
23/2 - Fluminense x Botafogo (10ª rodada)
9/3 - Botafogo x Flamengo (13ª rodada)

Wesley Machado

domingo, 10 de novembro de 2013

Falar o quê?

Mais uma derrota, a 2ª seguida. Com o empate, ficaríamos em 3º. Agora, além do Goiás, com o mesmo número de pontos nosso (53), temos o Vitória encostando, com 51. Se bem que eles pegam o Cruzeiro, tudo bem que em casa, na próxima rodada. O Goiás joga também em casa contra a Ponte Preta e deve vencer. A nós só resta também a vitória contra a Portuguesa, na próxima quarta-feira, dia 13, às 21 horas, no Maracanã. E torcer para o Grêmio (54) tropeçar no Vasco em Porto Alegre. No sábado que vem (17/10), temos um confronto direto contra o Atlético Paranaense (58), às 19h30, também no Maracanã.

Wesley Machado

sábado, 9 de novembro de 2013

Seedorf exalta ano do Botafogo: "Já quebramos vários fantasmas"



Holandês acredita na reação da equipe que figura no G-4 desde a quinta rodada

O Botafogo se prepara para enfrentar o Internacional, neste domingo, em partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mesmo com a chance de título remota, o meia Seedorf fez questão de exaltar o ano do alvinegro carioca, campeão estadual em 2013 e integrante do grupo dos quatro primeiros classificados da elite nacional. "Já quebramos vários fantasmas e vamos continuar fazendo isso. Este grupo é diferente. O vestiário, meus companheiros, o Oswaldo de Oliveira e os desafios deste clube me motivam", ressaltou.
Experiente, Seedorf fez questão de depositar confiança na reação do clube da estrela solitária, que figura no G-4 desde a quinta rodada da série A. "É importante manter nosso padrão de jogo e nossa vontade de conquistar os três pontos. É jogo por jogo. Todo mundo tem algo em jogo, precisamos ter muita calma e convicção. Com certeza vamos fazer um grande jogo com o Internacional, que é um adversário forte, mas temos condições de fazer uma reação boa", declarou.
Sobre os treinamentos realizados em preparação para o duelo diante do Inter, o meia foi enfático. "Hoje, o treino foi espetacular, com muita intensidade e vontade. Essa reação é o que importa. Se o time fica em depressão porque perde um jogo, pode sentir na parte técnica. Fica com perna pesada, irritado. Nosso ambiente tem alegria, vontade de ajudar e cobrança. Essa reação dá otimismo para encarar bem o próximo jogo. Vamos tentar ganhar", explicou.
Por fim, o jogador destacou a competitividade do grupo, que em sua visão, não se abateu diante dos obstáculos enfrentados. "Preciso conquistar coisas que tenham valor. E o que o Botafogo está fazendo o ano todo tem muito valor. Poucos dão o valor justo, mas nós sabemos o quanto fizemos este ano. Como este grupo não quer desistir, quer fazer algo diferente, tenho certeza que nossas reações foram muito boas. Estamos fazendo o nosso melhor e vamos fazer até o fim do ano", finalizou.
Próximo adversário do Botafogo, o Internacional ocupa a 11ª posição, com 42 pontos somados. O duelo será às 17h20 (de Brasília), no estádio Centenário, em Caxias do Sul-RS.
As informações são da Gazeta Press.

Postado por Wesley Machado.




Conheça a sofrida história do atacante Elias, do Botafogo

O Globo Esporte deste sábado encerrou com uma bela reportagem sobre o atacante do Botafogo, Elias, que quase largou o futebol. Há alguns anos, sem perspectiva, ele decidiu que era hora de abandonar a carreira e foi trabalhar numa usina de cana de açúcar. Mas com determinação e a ajuda de amigos e da família, superou as dificuldades, voltou atrás e resolveu acreditar e persistir no sonho de ser jogador profissional. Chegou ao Botafogo este ano, onde já marcou sete gols. Contundiu-se e está de volta ao time. A reportagem do Globo Esporte foi a Campos dos Goytacazes, norte do Rio de Janeiro, cidade natal de Elias, conhecer mais um pouco sobre a trajetória deste guerreiro. Assista no link a seguir: http://globotv.globo.com/rede-globo/globo-esporte/v/hoje-atacante-do-botafogo-elias-lembra-momento-em-que-deixou-o-futebol-para-trabalhar/2944866/

Wesley Machado

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Botafogo perde do Criciúma e está fora da Copa do Brasil e da Libertadores Sub-20

O Botafogo lutou até o fim, mas foi eliminado da Copa do Brasil Sub-20 após perder, nesta quinta-feira, por 2 a 1, contra o Criciúma, no Estádio Heriberto Hulse, em Santa Catarina. Os gols foram marcados por Marcelinho e Bruno Lopes, para a equipe da casa, e Carlinhos, para o Glorioso.
O Botafogo já havia sido derrotado na partida de ida, por 3 a 2, e só a vitória lhe daria a classificação à final. A eliminação também acabou com o sonho alvinegro de ir à Copa Libertadores da categoria, já que Santos e Criciúma, finalistas da Copa do Brasil, garantiram vaga no torneio continental.
- É difícil falar pelo resultado de hoje, mas o Botafogo está de parabéns. Não conseguimos, mas vamos continuar trabalhando forte – afirmou o atacante Vinícius.
Apesar da derrota, o time alvinegro fez uma boa partida. Com os desfalques de Andreazzi e Jeferson, expulsos no primeiro jogo, o técnico Eduardo Hungaro optou pelas entradas de Carlinhos e Fernandes, respectivamente. E o primeiro foi o grande destaque da garotada. Com boa movimentação e bons passes, se destacou ao lado do meia Daniel, único do time que já atuou pela equipe profissional em 2013.
Agora, o Botafogo volta o foco para o Torneio OPG e enfrentará o Vasco, sábado, às 16h, em Itaguaí. Faltando duas rodadas para o fim da fase de grupos, o clássico vale a liderança do Grupo F. O campeão de cada chave vai para a decisão do torneio.
O jogo - O primeiro gol aconteceu aos 20 minutos da etapa inicial. Após cruzamento, o atacante Marcelo teve tranquilidade para dominar a bola e chutar firme cruzado, sem chances para o goleiro adversário.
O gol de empate veio quase dez minutos depois. Depois de bate e rebate na área, a bola sobrou para Carlinhos que tocou para o fundo das redes e deu esperança aos torcedores do Botafogo. 

O nervosismo marcou o retorno das duas equipes após o intervalo. O Botafogo tentou buscar o placar para reverter a situação, mas foi Criciúma que marcou o segundo da partida e assegurou a classificação.

Aos 29 minutos, Bruno Lopes foi derrubado na área e o árbitro assoprou o pênalti. O camisa 9 chamou a responsabilidade e bateu com categoria, no canto direito. Foi o quarto gol do atacante, vice-artilheiro da competição.

As informações são do Lancenet e da ESPN.

Postado por Wesley Machado.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Revolta

Eu que ainda gosto muito de futebol, sinceramente, não estou entendendo mais nada. O Bruno Mendes ontem conseguiu resolver sua situação judicial. Ele estava preso ao Macaé por conta de um grupo de empresários que o vincularam ao clube dentre Campos e Rio. E agora o Botafogo, segundo informações da imprensa, manifestou desinteresse em renovar contrato com o jogador. Como pode isso? Quer dizer que o Bruno Mendes não serve para o time? E quem serve então? Alex, Henrique, Sassá? Muito estranho isso. Domingo, o topeira do Oswaldo preferiu colocar o Lucas Zen a colocar o Bruno Mendes. O time está cheio de barangas, como o Hyuri, Otávio, André Bahia. E o Bruno Mendes, que é um garoto bom de bola, não tem vez. Com certeza, existe alguma coisa escusa nesta história. Cada dia que passa, vejo que o futebol é um mar de lamas, com bastidores sujos, negociatas, corrupção, etc. E o pior é que a gente gosta desta porra assim mesmo. Este Botafogo só decepciona a gente. Time de merda. O Jéfferson e o Dória são os únicos que se salvam. O Edílson, às vezes faz umas boas jogadas, mas é um maluco, erra cada cruzamento! O Bolívar começou bem mas vem caindo de produção e no gol do Goiás domingo, deu um mole danado. O Júlio César se acha o craque. Corre quando quer e ainda quer dá esporro na torcida. O Marcelo Mattos está desgastado, parece não ter mais força, não aguenta mais uma partida inteira. O Renato vive machucado. O Seedorf já pode se aposentar. Rafael Marques fez uns golzinhos, tudo bem, mas cá entre nós, é muito fraco. Gegê foi fogo de palha, como outros garotos. Lodeiro volta para o Uruguai. E Oswaldo, fosse você, largava o futebol e ia cuidar da gostosa da sua mulher! Pronto, falei! Tô revoltado.

Wesley Machado

domingo, 3 de novembro de 2013

Time sem Vergonha

Este time ficou treinando a semana toda para isto? E ainda falam em manter o treinador. Uma vergonha. Time apático, sem vontade. O Goiás jogou no meio de semana e correu mais do que o Botafogo. O único que se salva é o Jéfferson! Tá difícil torcer para o Botafogo. Se for assim, melhor nem classificar para a Libertadores! Este time não tem culhões! Volta Loco Abreu e/ou Herrera já!

Wesley Machado

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Seedorf é o convidado especial do Redação SporTV desta quinta-feira

Programa vai ao ar, ao vivo, a partir das 10 horas

Considerado por muitos analistas a maior contratação internacional da história do futebol brasileiro, Clarence Seedorf é o convidado especial do "Redação SporTV" desta quinta-feira. O meia holandês, ídolo de Botafogo, Milan, Real Madrid e Ajax, estará pela primeira vez na bancada do programa para falar sobre sua gloriosa carreira, recheada de títulos, uma história de superação e uma relação especial com o Brasil.

Seedorf vai dividir a mesa com o chefe de redação do canal, Paulo Cesar Vasconcellos
(que dizem ser botafoguense, mas é muito crítico com o time - nota do blog), além do apresentador André Rizek. O programa vai ao ar, ao vivo, a partir das 10h (de Brasília).

- Há meses que o "Redação SporTV" tenta trazer Seedorf como debatedor e convidado especial. Muito se noticiou que ele escolheu o Botafogo por causa da mulher, Luviana, que é alvinegra. Será que foi isso mesmo? O craque vem comentar histórias de uma carreira brilhante e também sobre a rodada da Copa do Brasil - afirma Rizek.

Com informações do site do Sportv.

Postado por Wesley Machado.

Copa do Brasil Sub-20: Árbitro complica e Botafogo perde para o Criciúma

Derrota de 3 a  2 na partida de ida realizada no Rio de Janeiro

Em jogo válido pelas semi-final da Copa do Brasil Sub-20 no estádio Los Larios, do Tigres do Brasil, em Xerém/Duque de Caxias-RJ, o Botafogo perdeu para o Criciúma pelo placar de 3 a 2. Os catarinenses abriram 2 a 0, o Botafogo buscou o empate, mas permitiu a vitória do adversário, com ajuda do juiz. O Botafogo teve dois jogadores expulsos e no último lance da partida, o árbitro não permitiu que o Botafogo cobrasse uma falta da entrada da área. Um absurdo! O Botafogo é roubado até nos juniores! Os gols do Botafogo foram marcados por Kerlyson e Vinícius. A partida de volta será na quinta-feira, dia 07/11, às 19h, em Santa Catarina, com transmissão da ESPN e, provavelmente, da Sportv também (a programação do Sportv nesta data ainda não está disponível). Quem passar, pega Atlético-MG ou Santos. O Galo venceu a primeira partida por 2 a 0, em Minas Gerais.
Wesley Machado

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Que a garotada inspire os marmanjos!

Meu pai acaba de ligar para dar uma boa notícia! O Botafogo se classificou para a semi-final da Copa do Brasil Sub-20 após vencer o Grêmio nos pênaltis agora há pouco no Sul. No tempo normal, empate em 1 a 1. O mesmo Vinicius, que havia marcado nos acréscimos no jogo de ida, marcou desta vez, em que o Fogão saiu novamente atrás no Placar.

Na semi-final, o Botafogo vai enfrentar Criciúma ou Remo, que se enfrentam pelo jogo de volta nesta quarta-feira, às 21h30, em Belém do Pará. A partida de ida em Santa Catarina terminou com a vitória do Criciúma por 3 a 2.

Com isso, o Botafogo pode estar em duas semi-finais de Copa do Brasil, nos profissionais e no Sub-20. Nesta quarta, temos de jogar nossa vida este ano contra os urubus. Eles estão provocando. Nesta terça, um conhecido radialista de Campos chamou o Glorioso de "cavalinho paraguaio"! Esperamos que o time dê uma resposta amanhã. A torcida já se mobilizou para comprar ingressos nesta terça. Seja o que os Deuses do Futebol quiserem. Que com a Benção de São Manuel dos Santos Garrincha passemos por cima deles!

Wesley Machado

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Uruguai vence a Argentina mas vai para a repescagem

Pelas Eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo do Brasil em 2014, o Uruguai de Lodeiro venceu a Argentina por 3 a 2 no Estádio Centenário nesta terça-feira (15), gols de Cristian Rodriguez, Suárez (de pênalti) e Cavani; e foi mesmo para a repescagem, já que o Chile venceu o Equador por 2 a 1. A Celeste precisava tirar uma desvantagem no saldo de quatro gols. Chile e Equador ficaram com a 3ª e 4ª vagas, respetivamente - Argentina e Colômbia já haviam garantido a classificação. A seleção uruguaia vai decidir a vaga contra a Jordânia.

Wesley Machado

Charge: Confissão Alvinegra (Por André Guedes - Globoesporte.com)


Postado por Wesley Machado.

Copa do Brasil Sub-20: Botafogo empata em 1 a 1 com o Grêmio no jogo de ida no RJ

Nesta terça-feira (15), jogando no Estádio Los Larios, do Tigres do Brasil, em Xerém/Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, o Botafogo empatou em  1 a 1 com o Grêmio na partida de ida das quartas-de-final da Copa do Brasil Sub-20. A equipe alvinegra saiu atrás no placar já no 2º tempo, mas conseguiu o empate nos acréscimos com Vinícius. O jogo de volta será na próxima terça-feira, dia 22, às 19h30, na Arena Alvi-Azul, do C. E. Lajeadense, em Lajeado, Rio Grande do Sul. Quem passar, enfrenta o vencedor do confronto entre Criciúma e Remo.

Wesley Machado

Jogo do Botafogo pela Copa do Brasil Sub-20 nesta terça na ESPN

O Botafogo enfrenta o Grêmio nesta terça-feira (15), às 19h30, no Estádio do Los Larios, do Tigres do Brasil em Duque de Caxias-RJ. O jogo de ida da 3ª fase (quartas-de-final) da Copa do Brasil Sub-20, terá transmissão da ESPN Brasil.

Wesley Machado

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Botafogo Sem Fronteiras dia 26/10 em Macaé

Crédito: Pedro Padilha
O Botafogo realiza no dia 26 de outubro, em Macaé, mais uma edição do evento Botafogo Sem Fronteiras. Já confirmaram presença no evento os ídolos Mauricio 89, Wagner, Mendonça, Luizinho e Carlos Alberto Santos. Além disso, haverá exposição de taças e fotos do título do Campeonato Carioca deste ano.
É através do Botafogo Sem Fronteiras que o clube pretende se conectar de forma permanente ao torcedor e alcançar a melhor base de sócios do Brasil. União de forças para fazer o Botafogo crescer ainda mais.
O Botafogo Sem Fronteiras consiste na 'invasão' alvinegra que engloba todas as ações do clube, promovendo os principais ativos e ao mesmo tempo difundindo símbolos, taças, ídolos e toda nossa gloriosa história. A principal novidade fica por conta do programa de sócio-torcedor Sou Botafogo.
Agora, os participantes do evento receberão uma carteirinha personalizada e experimentarão as vantagens de ser sócio-torcedor do Botafogo durante um mês de graça na categoria Sem Fronteiras!
Botafogo Sem Fronteiras – Macaé
Data: 26/10;
Horário: 12h;
Local do evento: Fazenda São Leandro – Estrada Cantagalo KM 5 – Rio das Ostras;
Valor dos Ingressos: Adulto: R$ 100,00 Kids (6 -10) R$ 50,00;
Postos de Venda: Drogaria Ultra popular (Av. Rui Barbosa, 952 – Lj A - Centro – Macaé – RJ) e www.botafogosemfronteirasmacae.blogspot.com
Contato: (22) 9981-1826
As informações são do Departamento de Marketing do Botafogo F. R.

Postado por Wesley Machado.
.

domingo, 13 de outubro de 2013

sábado, 12 de outubro de 2013

Superstição

Tô confiante para este domingo. Tenho quase certeza que o Botafogo ganha. Dia 13. Ano 2013. Estamos há 13 anos, sendo 21 jogos, sem vencer o Flamengo no Brasileirão...

Wesley Machado

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Obrigado São Clemente e/ou Botem Fé

Como havia conversado com o Cássio, só iria comentar uma coisa aqui no final do ano e dependendo da situação do Botafogo na tabela. Mas, só agora ao fim do jogo, li no Fogãonet notícia retirada do Lancenet sobre a morte do ex-técnico do Botafogo, Antônio Clemente, que nos salvou do rebaixamento em 99. Antônio Clemente tinha 77 anos e sofria há dois anos com uma doença degenerativa.

São Clemente é o nome de uma rua no bairro de Botafogo no Rio e também de uma escola de samba. Na época, Antônio Clemente ficou conhecido como São Clemente. Lembro dele já idoso à beira do campo passando a experiência dele para os comandados.

Por falar em técnico, gostei da postura do Luiz Alberto no jogo desta quarta. Ficou ativamente à beira do campo passando instruções.

E voltando à São Clemente, será mais um a quem vou recorrer no céu. Tenho certeza de que ontem ele nos ajudou a conseguir esta vitória suada.

E o que eu queria realmente dizer é que desde o início do ano tenho rezado para Nossa Senhora da Conceição, a quem o Botafogo foi consagrado quando da fusão dos dois Botafogos, o de futebol e o de remo, em 1942, por conta da morte de um atleta numa partida de basquete entre as duas equipes.

Depois vim a descobrir que os padroeiros do Botafogo eram Santa Terezinha das Rosas e São João Batista. Tenho recorrido sempre a eles e a Deus, claro, fazendo preces para o Botafogo ganhar.

E também à São Manoel dos Santos Garrincha, o Anjo das Pernas Tortas, Carlito Rocha, Heleno de Freitas, João Saldanha, Didi, Sandro Moreira, Armando Nogueira, Luiz Mendes, entre outros botafoguenses que estão em outro plano com certeza torcendo pela gente. Que eles espantem o olho gordo, citado pelo Álvaro e cheguemos fortes até o final. Conto com as preces de vocês também!

Wesley Machado

Vitória para recuperar a confiança

Esta foi a melhor rodada possível para o Botafogo no Brasileirão 2013. Faltando 11 rodadas para o fim do campeonato, retomamos o 3º lugar, Grêmio, Vitória, Fluminense e Santos, que disputam uma vaga na Libertadores com a gente, perderam. Atlético Paranaense e Corinthians empataram. Vamos ver o que o Inter vai fazer nesta quinta contra o Flamengo.
Quanto ao jogo, tomamos um gol logo no início, numa falha do goleiro Renan. Mas tivemos poder de reação e viramos ainda no 1º tempo com Rafael Marques e Seedorf. Aliás, o holandês fez um partidaço, o melhor em campo disparado. Júlio César também esteve muito bem, assim como Renato, que não pode mais sair do time. Edílson foi importante mais uma vez, fazendo a jogada para o 1º gol nos profissionais do garoto Gegê, que marcou no final dando-nos tranqüilidade, numa partida que começava a ficar perigosa.
Voltar a vencer vai dar confiança à equipe para o clássico de domingo, às 18h30, contra o Flamengo no Maracanã.

Wesley Machado

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Nos pênaltis, Botafogo vence Paraná e avança na Copa do Brasil Sub-20

Time paranaense vence por 1 a 0 no Rio de Janeiro, mas Alvinegro passa para as quartas de final nas penalidades. Próximo rival será o Grêmio

O Botafogo sofreu, mas eliminou o Paraná e avançou às quartas de final da Copa do Brasil Sub-20. Nesta quarta-feira, no estádio Los Larios, em Duque de Caxias, a equipe paranaense venceu por 1 a 0 e devolveu a derrota sofrida pelo mesmo placar em Curitiba, na semana passada, forçando a decisão por pênaltis. Nas penalidades, contudo, o Alvinegro foi mais competente e passou de fase ao fazer 4 a 2.

Nas quartas de final, o Botafogo vai encarar o Grêmio, que também nesta tarde entrou em campo e eliminou o Náutico, após empate sem gols no Sul. O primeiro jogo acontecerá no Rio de Janeiro, provavelmente na próxima quarta-feira, com a partida de volta ocorrendo em Porto Alegre.
Nesta tarde, em Duque de Caxias, o Paraná abriu o placar ainda no primeiro tempo. Aos 36 minutos, após cruzamento na grande área carioca, Rodrigo Mann escorou de cabeça e a bola sobrou limpa para Calinhos, que chutou para fazer 1 a 0. Na segunda etapa, o Botafogo pressionou, abusou da bola levantada, mas o Tricolor conseguiu segurar o resultado e levar a decisão para os pênaltis.
Nas cobranças, o time carioca perdeu sua primeira, com o volante Sidney. Porém, Daniel, Vinícius, Guga e Érick converteram. Já o Paraná desperdiçou três pênaltis, sendo um defendido pelo goleiro alvinegro Marlon.
As informações são do Globoesporte.com

Postado por Wesley Machado.

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Olho gordo

Entendo a ânsia dos torcedores dos rivais em relação ao Botafogo. Mesmo na vitória de seus times sobre equipes inexpressivas, não esquecem de citar o alvinegro. Já houve até fã de adversário declarando abertamente no Facebook estar torcendo para o Botafogo este ano. Chega a ser platônico e patético.

Há motivos para tal fixação. O Botafogo é o Campeão Estadual da temporada. Ganhou os dois turnos do campeonato, a Taça Guanabara e a Taça Rio. É time do Rio que mais pontuou no Brasileirão até agora e o único no G-4. Disputa as quartas-de-final da Copa do Brasil, fase em que nem todos os chamados "grandes" estão.

Em 2013 o Botafogo disputou 11 clássicos locais. Ganhou seis, empatou quatro e perdeu apenas um. Fez 15 gols e levou sete. Contra um dos oponentes, venceu todas as vezes que entrou em campo, uma delas por goleada. Este é o Botafogo, o melhor do Rio este ano. Quem está na frente têm de ser mirado, mesmo.

Postado por Álvaro Marcos.

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Tabus mantidos

O Botafogo continua sem vencer – já são cinco jogos sem vitória, o Fluminense continua sem perder – são oito partidas invictas, mas também continua sem ganhar clássicos este ano. E o resultado, pelo que foi a peleja, pode ser considerado bom pelo Botafogo. Levamos o gol logo no início da pugna. Empatamos na 1ª metade do 1º tempo com Bolívar, aproveitando desvio de cabeça de Rafael Marques após cobrança de falta pela direita. Tivemos o domínio do jogo, sem criar muito, até a 1ª metade do 2º tempo – o Fluminense jogava no contra-ataque, até que a mexida estranha de Oswaldo – tirou o inoperante atacante Henrique para colocar o lateral direito Gilberto mais adiantado – fez com que perdêssemos o meio-campo – Rafael Marques foi adiantado – e o Fluminense tomasse as rédeas da partida. Além do gol, tivemos duas chances mais claras de gol, com Lodeiro – mais uma vez perdido – no 1º tempo – e no final do jogo, quando Otávio, que substituiu o uruguaio, demorou para finalizar. No mais, o time como falou Seedorf ao final na entrevista, provou não estar morto, mas mostrou também que já não tem tanta força e, principalmente, opções no banco, para modificar o panorama de um jogo. Teremos vários desfalques por suspensão pelo 3º amarelo na partida de sábado contra o Grêmio, que venceu o Atlético Paranaense e abriu dois pontos de vantagem. O Cruzeiro (Ninguém Segura!) goleou por4 a 0 a Portuguesa em meia hora de jogo e, pelo jeito, não tem como mais ser alcançado. É se contentar com a Libertadores. Teremos um confronto direto sábado contra o Grêmio, no qual poderemos recuperar a vice-liderança. Para terminar, devo dizer que Seedorf foi muito bem, participando bastante do jogo. Ao lado de Júlio César, na minha opinião, foi o melhor em campo.

Wesley Machado

Bota vence Paraná fora de casa pelas oitavas da Copa do Brasil sub-20

Com gol de Daniel, de pênalti, Alvinegro conquista grande vantagem na briga pela vaga nas quartas de final. Volta acontece no dia 9 deste mês

O Botafogo saiu na frente do Paraná na briga por uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil sub-20. Em partida disputada na tarde desta quarta-feira, no estádio da Vila Capanema, o Alvinegro venceu o time de casa por 1 a 0 e conquistou uma importante vatagem para a partida de volta.
Daniel, de pênalti, marcou o gol da vitória do Botafogo. Com isso, o Botafogo leva a vantagem do empate para a partida de volta, que acontece no próximo dia 9 de outubro, quarta-feira, no estádio Los Laios, em Duque de Caxias, às 16h.
Na primeira fase o Botafogo eliminou a Ponte Preta com uma derrota em Campinas (1 a 0) e uma goleada no Rio de Janeiro (4 a 0). Já o Paraná passou pelo São Paulo, com um resultado conquistado fora de casa. Após um empate sem gols em Curitiba, o tricolor paranaense venceu o paulista por 1 a 0. Quem passar desse confronto pega o vencedor do duelo entre Grêmio e Náutico, que empataram por 3 a 3, no Recife, também nesta quarta-feira.
As informações são do Globoesporte.com

Livro sobre o "Jogo do Senta" já tem título

O livro sobre o "Jogo do Senta" que o jornalista Paulo César Guimarães anunciou que vai lançar em 2014 por ocasião dos 70 anos da fatídica partida, que serão completados no dia 10 de setembro, já tem um título e para lá de provocador. O livro será intitulado de "Jogo do Senta - A verdadeira origem do chororô". O "Jogo do Senta" ficou marcado pelo fato dos jogadores do Flamengo numa partida pelo Carioca de 44 em General Severiano contra o Botafogo, terem sentado no campo e se recusado a continuar jogando para protestar contra a arbitragem que teria validado um gol supostamente ilegal da equipe adversária. A partida já estava 5 a 2 para o Botafogo há 14 minutos do fim. Um dos jogadores que sentaram naquela oportunidade foi o pai do atual técnico do Flamengo, Jaime de Almeida. Do lado do alvinegro, estava o craque Heleno de Freitas. E do lado rubro-negro, o craque Zizinho. O técnico do Flamengo, Flávio Costa, chegou a afirmar que: “Não queria que os jogadores se sentassem no gramado. Estava longe e não pude interferir. Aquilo foi ordem dos dirigentes”.

Wesley Machado