sábado, 31 de agosto de 2013

Botafogo cai para 4º com jogos deste sábado

O Botafogo caiu para a 4ª colocação com as vitórias de Grêmio (1 a 0 sobre a Ponte Preta em casa) e Atlético Paranaense (4 a 1 sobre o Náutico fora, dois gols de Éderson, que já havia marcado duas vezes contra o Botafogo e assumiu a artilharia do campeonato). Neste domingo, o Botafogo poderá voltar à liderança se vencer o São Paulo e o Cruzeiro perder para o Vasco, o que é muito difícil à medida que o jogo será no Mineirão (18h30). Outro jogo que interessa é Corinthians (26 pts) e Flamengo no Pacaembu e Coritiba (24) e Inter (23) no Couto Pereira, no mesmo horário de Botafogo e São Paulo (16:00).

Wesley Machado

Oswaldo brinca sobre problemas para montar o time

O técnico Oswaldo de Oliveira concedeu entrevista coletiva na qual brincou sobre os problemas no Botafogo. Segundo Oswaldo, quando alguém entra na sala dele, ele fica até preocupado. "O que foi desta vez?", brincou Oswaldo.

O certo é que teremos pelo menos dois desfalques para o jogo deste domingo diante do São Paulo, às 16 horas, no Maracanã. Jéfferson, que levou o 3º amarelo na partida contra o Atlético Paranaense domingo passado e Gilberto, que se contundiu e vai ficar um mês parado. Lembrando que na lateral-direira já havíamos perdido o Lucas. Quem vem jogando é o segundo reserva Edílson.

Neste sábado, o volante Gabriel, sentindo o tornozelo direito, não treinou. Se ele não jogar, em seu lugar podem entrar o Renato ou o Lucas Zen. Oswaldo lembrou que o Rafael Marques machucou o ombro no jogo contra o Galo no meio de semana pela Copa do Brasil. E Seedorf está muito cansado, o que dá indícios de que ele pode ser poupado. O atacante Hyuri, contratado recentemente junto ao Audax, deverá ser relacionado.

Wesley Machado

Boa notícia: Botafogo paga 2 meses de salários e premiação pelo Carioca

Informações da Rádio Tupi dão conta que o clube quitou dois meses de salários atrasados e as premiações pela conquista do Campeonato Carioca. Uma boa notícia à vespera do jogo contra o São Paulo neste domingo, às 16 horas, no Maracanã.

Wesley Machado

Túlio não joga no ES e milésimo pode ser o Goytacaz


 O veterano artilheiro Túlio Maravilha, de 44 anos, não jogou neste sábado pelo Vilavelhense a última rodada da Copa Espírito Santo contra a Desportiva Ferroviária em Vitória.  Na véspera da partida, o artilheiro teria sentido a coxa direita nos treinamentos. Hoje, antes do jogo ele foi vetado. Mas o estranho é que Túlio tinha um compromisso marcado com uma editora de álbum de figurinhas, às 17 horas, no Rio de Janeiro, horário previsto para o término da partida de hoje, o que o impediria de cumprir o compromisso.

Durante a semana, o artilheiro que está a um gol de marcar o milésimo da carreira, havia negado a negociação com o Goytacaz.

Mas no início da semana, o presidente do Goyta, Robson Barreto, afirmou que as negociações com Túlio haviam avançado e que o próprio artilheiro havia afirmado que queria vir jogar e fazer o milésimo gol em Campos.

Ainda durante a semana, saiu a informação de que Túlio pretende marcar 1003 gols para ultrapassar Romário, que tem 1002.

O Vilavelhense já teria até mesmo marcado um amistoso contra o XV de Piracicaba no interior de São Paulo.

Túlio não esqueceu o Botafogo na hora de personalizar a chuteira do milésimo. Colocou uma imagem dele beijando a Taça de Campeão Brasileiro de 1995.

Wesley Machado

Maldição botafoguense: Time que contratou Vitinho cai no grupo do Bayern na Liga dos Campeões

Mais uma maldição botafoguense. No sorteio da Liga dos Campeões, o CSKA, da Rússia, que contratou Vitinho do Botafogo, caiu no grupo do atual Campeão Europeu, o Bayern de Munique, que nesta sexta-feira (30) conquistou mais um título, o da Supercopa - o time já havia conquistado o campeonato alemão este ano.

(Wesley Machado)

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Definidas datas do confronto contra o Flamengo pela Copa do Brasil


A CBF anunciou as datas das partidas válidas pelas quartas-de-final da Copa do Brasil. Os jogos de ida serão no dia 25/09 e os de volta no dia 23/10, um intervalo de quase um mês entre uma partida e outra. Botafogo e Flamengo, que se enfrentarão pela 1º vez na Copa do Brasil, terão entre uma partida e outra, um jogo pelo Brasileirão no dia 13/10. Se os dois jogos pela Copa do Brasil forem realizados no mesmo estádio, no caso o Maracanã, segundo o regulamento, não haverá critério de desempate por gols marcados fora.

(Wesley Machado)

Blog completa 4 anos

O Blog Estrela Solitária no Coração completou nesta sexta-feira, dia 30 de agosto, quatro anos no ar. O blog, que surgiu de uma ideia minha incentivada pelo Álvaro Marcos, nasceu num momento em que o Botafogo lutava contra o rebaixamento no Brasileirão de 2009. Neste meio tempo, conquistamos dois títulos estaduais, em 2010 e 2013, e ficamos perto de uma vaga na Libertadores em 2010, 2011 e 2012.  Em 2013, estamos na luta por dois títulos nacionais. Esperamos ter motivos para comemorar no fim deste ano e que o blog permaneça vivo por mais muitos anos. Agradeço a todos os colaboradores, os mais assíduos e aqueles que postaram pelo menos uma vez. Aos leitores, nosso muito obrigado pelas visitas e comentários. Voltem sempre.
(Wesley Machado)

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Assa a batata de Maurício Assumpção no Fogão- Por Juca Kfouri

Bom dia,amigos!
O momento é de festa pela linda classificação de ontem, mas é necessário que nos informemos mais sobre os bastidores do nosso Glorioso. E bato na tecla: é muito perigoso quando se mistura futebol com política partidária. Eis mais uma prova.
O texto abaixo foi escrito ontem no blog do respeitado jornalista Juca Kfouri, da "Folha de São Paulo", "UOL" e ESPN Brasil:
20130828-163626.jpg
"Aos poucos, revela-se que Maurício Assumpção está longe de ser o que aparenta e que enganou até muita gente boa.
Sua administração é um desastre.
Além de ter aumentado a dívida do Botafogo para, segundo os cálculos mais modestos, 600 milhões de reais, até a parte que estava consolidada, e permitia ao clube tocar sua vida sem maiores percalços, foi por água abaixo, porque o clube não cumpriu a chamada Ata Trabalhista, ao tentar ludibriar a Justiça do Trabalho.
Ao criar duas empresas, a Companhia Botafogo e outra para gerir o Engenhão, o Glorioso deixou de saldar seus compromissos na proporção real de seu faturamento, pois canalizava os recursos para tais empresas, disfarçando o as somas que entravam no clube.
Prática devidamente flagrada pela Justiça e que, registre-se, começou ainda antes da até hoje mal explicada interdição do estádio.
E mal explicada por quê?
Porque Assumpção entrou para a política mais miúda do Rio de Janeiro ao filiar-se ao PMDB do governador fluminense e do prefeito carioca, numa óbvia sinuca de bico, impedido de se manifestar e de defender o interesse do Botafogo com a veemência que o caso exigia.
O episódio da venda de Vitinho é apenas a gota d’água, mais uma prova da incompetência administrativa de quem, faz tempo, vem jogando para a plateia, até com lances melodramáticos.
Lembremos que logo no começo de sua gestão, em 2010, um empréstimo feito na CBF de 8 milhões de reais, mudou sua posição de apoio ao Clube dos 13 para ser candidato como vice-presidente da chapa de Kléber Leite, apoiado por Ricardo Teixeira e pela Globo Esporte.
Ali já ficava claro que, antes de pensar no Botafogo, Assumpção pensa apenas nele mesmo.
A diferença para agora é que muito mais gente, e dentro do clube, se deu conta disso.
Daqui por diante sua vida não será fácil.
Porque como já dizia Abraham Lincoln, “você pode enganar uma pessoa por muito tempo, algumas por algum tempo, mas não consegue enganar a todas por todo o tempo”.

Postado por Gervásio Cordeiro NETO

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Classificação e mais uma baixa no elenco



 Rafael Marques, exemplo de superação. (Foto: RamonBitencourt/ LANCE!Press)

Ainda empolgado pela classificação para a próxima fase da Copa Brasil, passando pelo Campeão da América e eterno freguês, Atlético-MG, levei um susto ao ler que o atacante Henrique fechou com o Real Madrid B. Isso mesmo: Mais um jogador do Botafogo deixa o clube com destino à Europa e não há perspectiva de contratação de reforços.
Hoje pela manhã o jornalista Juca Kfouri postou uma nota em seu blog, afirmando que o presidente Maurício Assumpção  faz politicagem, relegando o Botafogo a segundo plano, além do aumento da dívida do clube em sua gestão.
Sobre o time, só elogios. Esse grupo e o Oswaldo de Oliveira vêm calando a boca de muitos pessimistas, inclusive eu.
Saíram diversos jogadores, mas o padrão do Botafogo não cai. Seja no Rio, em Minas Gerais ou no Rio Grande do Sul, o time joga um ótimo futebol; bola no chão, toques envolventes, postura de time que quer ser campeão.
Enfrentar um Atlético-MG, com um dos melhores elencos do Brasil, em seus domínios e com a pressão da torcida não é fácil. Mais uma vez o Botafogo foi lá e fez bonito.
Impressiona a fase do Rafael Marques. Não é um craque, mas é muito útil ao time e é um exemplo de perseverança. De um final de 2012 tenebroso para um 2013 de alegrias. Para ele e para torcida Alvinegra.
Que venha o Cruzeiro ou Flamengo! Nas quartas de final, sou mais o Fogão.     

Iatha Anderson                               

Horto?? Que Horto??



Classificação dramática no Horto. E o Fogão não caiu morto. Sem Vitinho, mas com Rafael Marques, Jefferson, Dória e Lodeiro com belas atuações, conseguimos um empate contra o campeão da Libertadores, nosso velho freguês, Atlético Mineiro.
Oswaldo de Oliveira vem calando a boca de muita gente. Mudou o time no intervalo, sem precisar fazer uma substituição. Espetacular!!
Cássio Peixoto mais uma vez foi certeiro nos palpites pelo twitter e já decidi que todo jogo vou perguntar a ele antes como vai ser.
Continuo preocupado com as poucas opções que temos. Edilson é fraco, Henrique está indo para a Espanha e as coisas continuam difíceis.
Tomara que o resultado leve a torcida ao Maraca no domingo. Vencer os bambis seria fundamental. Além de nos manter no topo, afundaríamos os paulistas.
Amanhã postarei um texto que Juca Kfouri escreveu hoje em seu blog sobre a realidade da administração de Maurício Assumpção. Só não o faço hoje, porque a noite é de festa!
Mas temos que ficar de olho!
Saudações alvinegras apaixonadas!

Postado por Gervásio Cordeiro NETO

Não podemos repetir 2007

Ao ligar o computador hoje percebi que o horário e a data estavam errados. O calendário marcava o mês de abril do ano de 2007. E como se eu voltasse no tempo, pensei: Ah! Se eu pudesse mudar a história! Mas não posso. Mas podemos interferir no presente para mudarmos o futuro. Isto sim podemos.

Em abril de 2007, o Botafogo ainda não tinha disputado a final do Carioca, não tinha sido eliminado da Copa do Brasil, não tinha perdido a liderança do Brasileiro e não tinha sido eliminado da Sul-Americana.

Isto tudo aconteceu entre os meses de maio e setembro de 2007, quando o Botafogo foi roubado na final do Carioca contra o Flamengo com a anulação de um gol legal de Dodô no final da partida que nos daria o título.

No mesmo mês, o Botafogo seria eliminado da Copa do Brasil diante do Figueirense no Maracanã, no jogo em que o goleiro Júlio César engoliu um frango. Não podemos nem reclamar da arbitragem pois na fase anterior havíamos sido favorecidos ante ao Galo.

Na 16ª rodada do Brasileirão, como em 2013, perdemos a liderança. Em 2007, liderávamos desde a 7ª rodada e também tínhamos sido líderes na 4ª rodada.

O auge do fracasso foi na Sul-Americana. Havíamos ganho o 1º jogo das oitavas-de-final contra o River no Engenhão por 1 a 0. Chegamos a estar ganhando o jogo na Argentina por 2 a 1, mas permitimos a virada para 4 a 2 e fomos eliminados.

No meio de tudo isto, teve o doping do Dodô. Enfim, um time que, comandado por Cuca, encantava o Brasil, ficou marcado como amarelão. Daí surgiu a fama de cavalo paraguaio.

Nesta quarta-feira teremos a oportunidade de por fim a este estigma de nadar, nadar, morrer na praia. Para isto, claro, precisamos que os jogadores se entreguem em campo, dêem o máximo, o sangue, a vida, para sairmos do Horto vivos! Mas precisamos de uma energia positiva de todos os botafoguenses! Confiança!

Para provamos para nós mesmos e para nossos rivais que temos condições  de superar tudo. Interdição do Engenhão, salários atrasados, crises fabricadas pela imprensa, venda de jogadores, etc...

Vamos Fogão! Não nos decepcione. Honrem a camisa gloriosa. Que lá de cima Heleno, Garrincha, Carlito Rocha, João Saldanha, Nossa Senhora da Conceição, Deus nos abençoe!

E possamos sentir o imenso prazer de sermos alvinegros!

Wesley Machado

PS: Prá terminar, deixo vocês com mais um vídeo motivacional!



terça-feira, 27 de agosto de 2013

Música para animar o ambiente!

Reviravolta na negociação Túlio/Goytacaz

Presidente do clube afirma que artilheiro quer vir


A negociação de Túlio Maravilha com o Goytacaz, que parecia parada nos últimos dias, avançou de ontem para hoje e a possibilidade do artilheiro vir jogar no clube de Campos voltou a ser cogitada. Segundo o novo presidente do clube, eleito na semana passada, Robson Barreto, Túlio quer vir jogar no Goyta.

- As negociações avançaram. E ele já afirmou que quer vir. Agora dependemos do dinheiro para pagar a multa rescisória, que é alta. Em se confirmando a transação, o valor será de 100 mil reais por três meses de contrato – informou Robinho, como é chamado.

O diretor de marketing do clube, José Douglas de Sousa, que na semana passada havia afirmado que o jogador não viria mais pelo alto valor da multa rescisória, não quis mais se pronunciar sobre o assunto e se limitou a dizer:  “Vamos esperar”, falou Douglas.

Túlio teria contrato com o Vilavelhense até outubro. No último sábado, ele marcou o gol nº 999 na carreira e ficou a apenas um do milésimo. No próximo sábado, o Vilavelhense tem um jogo marcado pela última rodada da Copa ES contra a Desportiva Ferroviária.

Wesley Machado

Voltamos a programação normal ou Vitinho, vai pro raio que o parta!


Eu falei nesse mesmo espaço, no início do ano, que Campeonato Estadual só serve para "treinar elenco" para o Brasileirão. E assim o Botafogo fez. Ganhar foi obrigação, e o Botafogo ganhou. No meio do caminho formou uma equipe forte, coesa, um time entrosado dentro e fora das quatro linhas. Tinha tudo para ganhar esse título brasileiro, se não topasse com contusões e roubos da arbitragem pelo caminho, ele seria bem possível. Mesmo com o Botafogo jogando na "conta do chá", poupando jogadores e com um elenco reduzido, com poucas opções e Oswaldo fazendo milagres na escalação.
Não mais que de repente a estrela do time, a revelação do campeonato, o jogador mais elogiado do clube desde Beto em 1995, vai embora. Tão rápido como apareceu, Vitinho foi vendido para o CSKA da Rússia. Aquele time cheio de dinheiro que nunca ganhou nada em lugar nenhum, nem no país deles conseguem ser campeões.
Perdendo o Vitinho o Botafogo perde também a confiança da torcida, sua auto-estima, perde a melhor opção ofensiva que tinha nos últimos dez anos e perde também credibilidade com seus sócios torcedores.
O Botafogo perde e não acho que seja culpa do clube. O que mais li nas redes sociais foi torcedor dizendo que a diretoria é uma merda, que eles erraram e etc. Ainda disseram que a multa de 10 milhões de Euros era muito baixa, por isso o CSKA levou Vitinho. Pois bem, Vitinho, em junho era uma promessa, ninguém sabia se ia brilhar ou não. Poderia ser só mais um Bruno Mendes, ou mais um Cidinho, ou mais um Caio. Ganhava 15 mil reais por mês e ninguém sabia se ia "vingar". Guarde esse número: 15 mil/mês.
Oswaldo apostou nele e o garoto mostrou resultados. O Botafogo no início do Brasileiro já havia subido o salário de Vitinho para 35 mil reais e Vitinho começou a mostrar que valia mais que isso. Semana passada o Botafogo ofereceu um salário melhor e acenou com um contrato de 100 mil reais que seria assinado em, mais ou menos, um mês. A proposta do CSKA chegou no apagar das luzes e Vitinho foi embora. Ontem ainda na tentativa de manter o garoto no clube, o Botafogo ofereceu 200 mil de salários, mas o inverno europeu e a chance de jogar o "fortíssimo" campeonato russo seduziu o garoto.
O menino pobre que nasceu no Complexo do Alemão, foi seduzido por oito milhões de Euros na mão, livres de qualquer imposto, além dos 10 milhões da multa e 500 mil reais de salários por mês. É muito mais que os 15 mil reais/mês que ele ganhava no início do ano não é. Mas, vale a pena? Vitinho vai para um dos piores campeonatos da Europa, vai jogar em um país onde as temperaturas ficam abaixo de zero, e ainda correr o o risco de sofrer bullying e racismo, coisa comum no Leste Europeu. Pode ser que vença, mas a probabilidade de dar errado é muito maior, principalmente porque o garoto tem 19 anos, uma filha recém nascida e uma esposa Maria Chuteira, da mesma idade, que só está pensando nos casacos de pele e na vida de glamour da Europa. Já deve estar sonhando com as fotos que vai postar no Instagram.
Agora, você vai dizer: "Poxa Cássio, mas são 500 milhões de Euros". Pois é, muito dinheiro. Mas não é como ganhar na loteria, onde você pega o dinheiro na Caixa Econômica e pode chutar o balde e não fazer mais nada na vida. É diferente. Ele vai ter que trabalhar, e muito pra faz jus a esses 500 mil reais. E de repente, todo o esforço, pode não valer a pena. Será que esse dinheiro todo vai pagar uma carreira que pdoe ser abreviada? Não sria mais inteligente ser vendido em outro momento para um clube de maior expressão? Não seria mais bonito ganhar a simpatia da torcida, deixar a porta aberta e se transferir para um grande centro do futebol no final do ano, ou no ano que vem? Não seria melhor deixar o clube como campeão brasileiro? Ou campeão da Libertadores?
Agora, reflitam em outra coisa: pense no seu salário. Quanto você ganha por mês? 800 reais? 1000? 2000? 4000? 5000? Quantos milagres você faz por mês para dar uma vida decente para a sua família? Estamos falando de salários milionários. O mínimo que um jogador de futebol de time grande ganha é 15 mil reais, estamos falando de salários que são uma afronta a qualquer cidadão de bem. Pense em uma coisa: o garoto ganha 15 mil reais por mês pra jogar bola. Ele chega no clube pela manhã, vai embora no final da tarde, e ás vezes fica só meio período. Final de semana vai jogar bola, fica no hotel, ou nem se concentra, e depois do jogo, perdendo ou ganhando, ainda tem um dia de folga. Amigo, eu trabalho de manhã, de tarde e à noite, se eu ganho 15 mil reais por seis meses ajeito a minha vida pra sempre. Tudo bem, se ele merece mais, então que ganhe mais, mas daí o cara jogar tudo para o alto sem pensar nas consequências é burrice.
Vitinho foi burro, seus empresários são raposas que estão cagando e andando para o bem estar do garoto. Será que o empresário vai lá pra Rússia morar com ele? Alguém vai ficar chutando bola laranja no meio da neve? Deve ser o maior barato pra dois garotos de 19 anos e uma criança recém-nascida ir para a Rússia passar uma temporada, o invernolá deve ser "show". E não tem família por perto, pagodinho no fim de semana, Faustão, Esquenta, Programa Sílvio Santos, a mercearia do seu antônio, as praias cariocas e nem a pelada com os "parceiros". Você já teve 19 anos lembra?
Não desejo mal para Vitinho, mas já que ele quer ir, que vá. Vai com Deus, mas saiba que não deixou a porta aberta. Se brilhar, ótimo, se não brilhar o azar é seu.
Diferente do amigo Wesley Machado que é fã do Túlio Maravilha, eu até admiro o homem dos quase 1000 gols, mas não esqueço a traição dele em 1996, quando ele deixou o Botafogo para jogar no Corinthians, alegando que queria ir para outro mercado e que o futebol de São Paulo era o melhor do Brasil. Nunca o perdoei por isso e nunca esqueci. E o pior, ele foi e se ferrou por lá. Em 2009 Maicosuel no auge de sua forma foi para a Alemanha. Voltou com o rabo entre as pernas com depressão e jurando amor eterno ao Botafogo. Hoje está onde mesmo? Ah sim, Maicosuel foi "revendido" para a Udinese e hoje não está nem no banco do time B do alvinegro italiano.
Já disse isso uma vez e repeto: Algumas pessoas gostam de futebol eu gosto do Botafogo. Só não troco o Botafogo pelo Americano, o resto pra mim não existe.
Vitinho foi embora, assim como Túlio foi em 1996 e assim como vários ídolos deixaram o clube na mão. Foda-se todos eles. O Botafogo é maior que Vitinho. Porém, como disse no início dessa postagem, o Botafogo tinha a chance de ganhar o título ou uma vaga na Libertadores, agora suas chances caíram por terra. Sem elenco, sem credibilidade e com uma perda dessas na 16ª rodada do Brasileirão, o destino vai ser o meio da tabela novamente. Torço para queimar a língua e ver o time se superar, mas acho difícil. Essa era a peça que faltava na crise que a mídia estava tentando criar para o Botafogo, agora ela conseguiu. Derrota para o Furacão, salários atrasados, sem estádio, Seedorf virando vilão, mulher de treinador e jogador esbravejando no Twitter, sem dinheiro e agora sem Vitinho.
O Botafogo só tem uma chance: se rapidamente trouxer qualquer um para compor o elenco. Ninguém vai substituir Vitinho, mas a torcida precisa de um alento, precisa de algo que a faça acreditar novamente que um título, mesmo em meio a tanta crise, é possível. Se isso não acontecer, estaremos fadados a nos encontrar novamente no meio da tabela e ouvindo dos nossos adversários que somos um cavalo paraguaio.
Agora: voltamos ao Botafogo dos últimos anos? Ou vamos nos superar? Tirar leite de pedra?

domingo, 25 de agosto de 2013

Novidades: Henrique não viaja e Dankler no banco

As novidades na delegação do Botafogo que desembarcou em Curitiba para o jogo contra o Atlético-PR neste domingo, às 18h30, no Estádio Durival de Brito, são a ausência do atacante Henrique, que se machucou na partida contra o Galo pela Copa do Brasil no meio da semana. Lembrando que Henrique, que foi sondado pelo Real Madri B, roubou a bola no lance que resultou no 4º gol do Botafogo, marcado por Vitinho. O zagueiro Dankler, de 21 anos, foi contratado junto ao Vitória. Antônio Carlos, que deixou o clube por estar descontente com a reserva, vai estrear no São Paulo neste domingo, às 16 horas, diante do Fluminense, em jogo que será transmitido pela Globo. No mesmo horário, o Vasco recebe o Corinthians no Mané Garrincha. Outro jogo que interessa é Inter (22 pts com um J a menos) e Goiás no mesmo horário do Botafogo.

Sem Jéfferson e Lodeiro por 3 partidas

Este fim de 1º turno e inicíozinho de 2º vai ser complicado pro Fogão. Já não íamos ter o goleiro Jéfferson, q foi convocado p/ a Seleção. Agora deveremos perder tb o Lodeiro, q tb foi pré-convocado p/ a Seleção Uruguaia. Os dois vão desfalcar o time nos jogos contra Coritiba (5/9, em casa), Criciúma (8/9, fora) e Corinthians (11/9, em casa). O desfalque do Jéfferson q é o mais preocupante. Definitivamente, não confio no Renan. Não é a mesma coisa. Sem contar q ele está machucado, ñ tem ficado no banco e poderemos ter de aturar o Milton Raphael. Deus me livre! Antes torcia e ficava feliz com as convocações do Jéfferson, mas agora lamento e muito. Pode nos atrapalhar. Bem que o clube poderia pedir uma liberação à CBF.

Wesley Machado

Loco marca de pênalti (sem cavadinha) aos 40 minutos do 2º tempo gol da vitória do Rosário Central

O eterno ídolo Loco Abreu – já tem quem diga que Rafa Marques é melhor que ele – marcou aos 40 minutos do 2º tempo o seu 1º gol pelo seu novo clube, o Rosário Central da Argentina, o da vitória (1 a 0) em casa sobre o Godoy Cruz, em jogo válido pela 4ª rodada do Campeonato Argentino. E advinhem? Foi de pênalti! Mas não teve cavadinha. Confiram no vídeo abaixo:



Wesley Machado

Quem viver verá!

É agora na reta final do 1º turno que se começa a ver quem é quem no campeonato. Coritiba e Vitória, que despontaram no início, já vão ficando para trás. O Cruzeiro tem o melhor ataque e a melhor defesa e é um dos grandes favoritos ao título. O Grêmio engrenou quatro vitórias seguidas, o Corinthians faz uma campanha regular, é o que menos perdeu (apenas duas vezes) ao lado do Inter, que tem um jogo a menos. Mas é também um dos que mais empatou (7) ao lado do mesmo Inter e de Santos, Flamengo e Portuguesa, que brigam para não cair. O meu Fogão vai bem obrigado, mas precisa acabar com a síndrome de cavalo paraguaio de amarelar no final. Se nada de anormal acontecer até o final, estes que eu citei, Botafogo, Cruzeiro, Corinthians, Grêmio e Inter, um destes deverá ser o campeão. Espero, claro, que seja o Fogão. No dia de Nossa Senhora da Conceição, padroeira do clube; e dia de um dos aniversários do clube, 8 de dezembro, quando será realizada a última rodada, onde o Botafogo enfrentará o Criciúma em casa, provavelmente no Maracanã. Mas bem que pode ser campeão antecipado, num destes jogos, os mesmos que faltam agora, contra Atlético-PR (C), São Paulo (F) e Coritiba (F). Quem viver verá!

Wesley Machado diretamente do Face.

Vamos ganhar Fogo!

 Ok. Vamos falar sério. O Fogão entra em campo neste domingo, às 18h30, para enfrentar o Atlético Paranaense no Estádio Durival de Brito, também conhecido como Vila Capanema, do Paraná Clube, onde está jogando – e muito – o nosso caro Lúcio Flávio.

Já goleamos o Furacão em 2006 por 5 a 0 - Lembram? Dois gols de Reinaldo Chinelinho e dois gols de Lima (nunca mais jogou nada) - na Arena da Baixada, que está em obras – será ao estádio sede da capital Curitiba para a Copa de 2014. 

O jogo deste domingo deverá ser difícil. O Atlético Paranaense faz uma boa campanha no campeonato – atualmente é o quinto. Tem o craque Paulo Baier, que adora marcar contra o Botafogo.

Com a vitória (2 a 0) do Cruzeiro sobre a Ponte fora neste sábado, perdemos – espero que provisoriamente – a liderança. E teremos de vencer para retomar a ponta.

Seedorf deve jogar. O lateral-esquerdo Júlio César, suspenso pelo 3º amarelo - desfalca a equipe. Em seu lugar entra Lima, que conhece bem o campo por ter jogado no Paraná.

Jogadores importantes pendurados como Dória, Vitinho e Jéfferson, que se não levar agora pode forçar - assim como o fez Lodeiro e Valdívia recentemente - já que vai desfalcar o time mesmo quando for servir à Seleção. 

Por falar em Jéfferson, estou preocupado pelo fato de o Renan não estar ficando no banco nos últimos jogos – está machucado. Se ele não se recuperar a tempo, teremos de aturar o Milton Raphael no gol. Melhor o Andrey.

É isto. Vamos torcer para um bom jogo. Que o Botafogo continue jogando em alto nível e que possamos comemorar mais uma vitória. Se mantivermos a liderança, se passarmos pelo Galo quarta e se o Seedorf – Ah, sim! Ele também está pendurado – não levar o 3º amarelo, vou ao Maraca domingo que vem ver o jogo contra o São Paulo.

Ah! E quarta-feira? Está confirmado? Vamos ver o jogo decisivo pela Copa do Brasil no Bar do Assis (Terapias), o Engeinho? Para comemorar os quatro anos do Blog!

Wesley Machado

sábado, 24 de agosto de 2013

Vídeo do Gol 999 (Moqueca Capixaba) de Túlio Maravilha



Vilavelhense 2 x 1 Linhares, Estádio Virgílio Grassi, Rio Bananal.
5ª e penúltima rodada da Copa Espírito Santo

Wesley Machado

Túlio marca o gol moqueca capixaba e fica a apenas um do milésimo

É o 999! Túlio aproveita rebote do goleiro e coloca para dentro garantindo a vitória do Vilavelhense 
(2 a 1) sobre o Linhares aos 44 minutos do 2º tempo. (Foto: Edson Chagas/A Gazeta)

Enfim, em seu 4º jogo pelo Vilavelhense, o artilheiro Túlio Maravilha conseguiu marcar o gol ao qual denominou de “moqueca capixaba” (de número 999 na carreira). Agora falta apenas um gol para Túlio fazer o tão sonhado milésimo gol.

E ele terá esta oportunidade na última rodada da Copa Espírito Santo no próximo sábado, dia 21, às 15 horas, contra a Desportiva Ferroviária em local que ainda será definido.

O Goytacaz chegou a anunciar interesse na contratação de Túlio, como uma jogada de marketing para marcar o nome do clube na história do jogador e ainda mais do futebol brasileiro, mas o próprio diretor de marketing do Goyta, Douglas, revelou ao blogueiro que Túlio não deve vir. A multa rescisória seria muito alta – ele que tem contrato com o Vilavelhense até outubro.

O clube capixaba já anunciou que pretende marcar amistosos para Túlio. Portanto, mesmo que ele não marque o milésimo no sábado que vem, terá outras oportunidades para entrar mais ainda para a história e deixar o time Canela Verde também marcado nela.

Lembrando que ainda atuando pelo Botafogo, Túlio marcou dois gols em Campos num amistoso contra uma seleção mesclando jogadores campistas com outras atletas, formada por Wederson (Nunu).

Na oportunidade, Túlio nomeou os gols que marcou na cidade como “chuvisco” e “goiabada”, uma sugestão do blogueiro quando do encontro com ele num shopping onde ele foi ministrar uma palestra.

Wesley Machado

Troca de fornecedor: Topper agora estaria na parada

Informações da Rádio Botafogo, que repercute a Rádio Tupi, dão conta de que a empresa brasileira Topper que seria a nova fornecedora de material esportivo do Fogão! Atualmente a Topper veste o Grêmio no Brasil. Para quem  não sabe, a Puma teria rescindido com o clube. Lembrando que a Topper produziu  uniformes muito bonitos para o Glorioso, como alguns destes aqui. http://camisasdobotafogo.blogspot.com.br/search/label/Topper

Atualização: A Puma teria negado a rescisão.

Wesley Machado

Os Helenos: Trilha Sonora para dias de jogo do Fogão!

 

Todo mundo já deve saber desta banda maravilhosa que foi formada para enaltecer o Alvinegro, inclusive com a presença de músicos famosos, como o Arnaldo Brandão, do Hanói Hanói (Totalmente Demais!). A banda que homenageia, claro, o craque Heleno de Freitas, foi produzida por André Paixão, o Nervoso, que já tocou com os Los Hermanos!


Destaco duas músicas, "Hey, Botafogo!", versão de “Na Na Hey Hey Kiss Him Goodbye”, hit de 1969 da banda norte-americana Steam, que nas arquibancadas era cantanda pela torcida como "Araruta, Araruta, Hey, Hey, filho da p..." para provocar o adversário.


A música foi muito utilizada pela torcida do Vasco para protestar contra o ex-presidente Eurico Miranda. E agora ganhou uma versão maravilhosa com versos que já se tornaram um hino - foram passados para a Fúria cantar nos estádios - como "Nossa história é de glórias! Muitos craques e vitórias! (...) "Nos momentos mais difíceis, o Botafogo sempre se levanta" e "Vamos cantar, honrar a nossa história! Vamos lutar, vencer este jogo!".



Outra música bacana é o reggaezinho sobre Seedorf: "Vai, vai, vai, vai, vai Seedorf! É mais um show de bola do meu Fogão! mata no peito, escraviza no chão! Bola no pé, engana o João. É mais um show de bola do Campeão!"



Wesley Machado

Figurinhas antigas do Botafogo

Um presentão do amigo vascaíno e alvi-anil (Goytacaz), o professor Ricardo Antônio, estas páginas digitalizadas do Botafogo em álbuns de figurinhas antigos. Raridades para vocês se encantarem ainda mais com o Glorioso!





Wesley Machado

Comunidade Chapolin Alvinegro faz sucesso no Face com frases que resumem bem o que é ser botafoguense

Em tempos de Facebook, o Blog vai resistindo. Mas para o botafoguense que curte o Face, uma boa dica é a página Chapolin Alvinegro, com frases que resumem bem o que é torcer para o time da estrela solitária. Alguns exemplos abaixo:

















"Sigam-me os bons!"

https://www.facebook.com/chapolinalvinegro?directed_target_id=0

Wesley Machado

Botafogo de Cabo Verde

Na outra pesquisa, faltou citar o Botafogo da Ilha do Fogo, da cidade de São Filipe, no Cabo Verde, país que onde é falado o Português. Fundado a 13 de Julho de 1973, o Botafogo de Cabo Verde foi campeão nacional no ano de 1980.

Wesley Machado

Fogão licencia água mineral

Numa estratégia de marketing, o Botafogo lançou garrafas de água mineral estilizadas nos tamanhos 500ml e 1500ml, que já estão à venda nos supermercados. Mais um item para a coleção.

O uruguaio Nicolás Lodeiro, que marcou seu 1º gol no Maracanã, concede coletiva. Na mesa, as garrafas de água mineral com o escudo do Fogão.

Cerveja - Estou atrás também das latas (latinha e latão) de Brahma:
Como diria um amigo meu: "Num güenta, bebe leite!"

Wesley Machado

Fogão pode trocar Puma pela Kappa

Segundo informações do site Fogãonet, que reproduziu postagem no Twitter do jornalista Tony Vendramini, o Botafogo estaria encerrando amigavelmente o contrato com a Puma. A nova fornecedora de material esportivo pode ser a Kappa, que vestiu o Fogão entre 2004 e 2009, com uniformes muito bonitos.

Atualização: A Puma teria negado a rescisão.

Wesley Machado

Seedorf aos 15 anos em programa de TV



Wesley Machado

Da Wikipédia: Lista de clubes inspirados no Botafogo

O Site Wikipédia tem uma Lista de clubes inspirados no Botafogo. Tem Botafogo até na Jamaica. Confiram que interessante (!) no link a seguir: http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_clubes_inspirados_no_Botafogo_de_Futebol_e_Regatas

Wesley Machado

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Mais escudos inspirados no do (e/ou parecidos com o do) Botafogo

                                                                                    Zamora, atual campeão da 1ª Divisão da Venezuela.
Alfaro da Espanha

            Acadêmico de Viseu
 (Segunda Liga de Portugal)



La Emília da Argentina
Vegalta Sendai (Japão)                                                       Paganense, de Pagani, Itália.           
                                                                       San Martin de Coman, Argentina.
Marinhense de Marinha Grande, Portugal.

Wesley Machado

Juntos com o Fogão! Unidos pelo Título!



Wesley Machado

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Presidente da Associação de Remo de Campos revela esquema para prejudicar Botafogo na regata de domingo

O presidente da Associação de Remo de Campos (ARC), Dimisson Nogueira, revelou ao blog a existência de um esquema para prejudicar o Botafogo de Futebol e Regatas na 4ª regata oficial do Campeonato Estadual de Remo do Rio de Janeiro 2013, que será realizada neste domingo (25), a partir das 9 horas, na Lagoa Rodrigo de Freitas. O esquema teria sido proposto pelo Clube de Regatas Flamengo.

- Como o Botafogo está na frente, o Flamengo pediu que nós participássemos de algumas provas da regata de domingo para atrapalhar o Botafogo – revelou Dimisson.

O Botafogo lidera o Campeonato Estadual de Remo 2013 com 245 pontos contra 206 do Flamengo. Foram realizadas três regatas até o momento e depois da 4ª regata neste domingo, serão realizadas mais duas regatas, uma no dia 29 de setembro, e outra no dia 20 de  outubro.  

Mauro de Oliveira, técnico da equipe feminina do Flamengo, em entrevista ao blogueiro no início do mês quando da participação da equipe do Rio de Janeiro no 9º Festival de Remo de Campos em que o Flamengo saiu vencedor, mostrou-se otimista quanto à virada do rubro-negro.

- O Botafogo ganhou as duas primeiras regatas e nós ganhamos a terceira. Eles estão há 49 anos sem serem campeões estaduais absolutos. Não é à toa que não vieram para o Festival de Campos. Estou confiante que vamos ganhar as próximas regatas e vamos conseguir a virada – afirmou o técnico do Flamengo.

Reportagem: Wesley Machado

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Marcelo Adnet canta o hino do Botafogo imitando Sílvio Santos

Líder, xerife, paizão, o que veio de longe- Por João Máximo

Para reflexão dos amigos. Deixo minha opinião posteriormente.


"O assunto já foi muito e devidamente debatido pela turma do "Linha de Passe", mas, mesmo com atraso, peço licença para entrar nele. Refiro-me a Clarence Clyde Seedorf, o holandês de Paramaribo que, além de craque, acaba de se investir nas funções de dono do time. Time do Botafogo, claro. Bola para isso Seedorf tem. Num futebol brasileiro carente de grandes jogadores, exportando cada vez mais suas safras mais novas, um veterano como ele, já na casa dos 37, tem todo o direito de brigar pela condição de melhor jogador do Campeonato Brasileiro. Curiosamente, ou por causa da tal exportação, brigar com outros jogadores também veteranos como Alex, Zé Roberto, Juninho Pernambuco e poucos mais.
Reconhecido o talento do holandês, vamos ao que interessa: será que o status de craque concede a Seedorf o direito de ser o dono do time, dando ordens aos companheiros, gritando com eles, proibindo-os de dar entrevista e até, em pleno jogo, aplicando num deles um tapa que escandalizou meio mundo, inclusive os torcedores botafoguenses?
O currículo de Seedorf, o craque, é de tirar o fôlego: quatro vezes campeão da Champions League, duas pelo Milan, uma pelo Ajax e outra pelo Real Madrid. Mas será que, naqueles importantes clubes europeus, ela fazia o que faz aqui? É impensável vê-lo de dedo em riste na cara de Bergkamp, Mijakovic ou Pirlo, vencedores ao lado dele nos times pelos quais foi campeão. Certamente, não era o que fazia por lá.
É evidente que a Seedorf, o craque, o Botafogo deve muito de sua atual campanha no Campeonato Brasileiro. Com a bola nos pés, e mesmo como líder, o homem vale cada tostão que o clube investe nele. Mas há uma diferença entre o líder e o autoritário, entre um capitão de time e um dono do time. Imagine-se Seedorf dando um tapa em jogador de pavio curto com há tantos por aí (não no Botafogo). Imagine-se um árbitro sério e competente diante de uma cena dessas.
Alguns botafoguenses gratos (a gratidão, às vezes, cega), defendem seu craque, alegando que, a caminho dos 40, ele na verdade está ajudando garotos inexperientes como Vitinho, Gilberto e tal. Seria, assim, uma espécie de paizão, ou de irmão mais velho, pondo juízo na cabeça da meninada. Parece que o próprio Osvaldo de Oliveira pensa do mesmo modo. Por aí, chega-se à conclusão de que também como xerife Seedorf estaria ajudando o Botafogo. Será? Só esperemos que este admirável jogador - que empresta talento ao nosso futebol - não seja movido por aquela arrogância tão comum nos que vem de fora: a de que nós, brasileiros, para tomarmos jeito, merecemos mesmo uns bons tapas."


João Máximo é jornalista, dentista,  escritor, pesquisador e crítico musical. Colaborou com quase toda a grande imprensa do Rio e de São Paulo. Colabora com o jornal "O Globo" e escreve no site da ESPN Brasil semanalmente, além de participar do Pontapé Inicial, programa das manhãs do canal, todas as quintas.


Postado por Gervásio Cordeiro NETO

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Hyuri do Audax é a nova contratação do Fogão

Galera abaixo está o vídeo do mais novo reforço para o ataque do Botafogo. Pelo que vi é um jogador rápido e habilidoso. Espero que dê certo e seja bem útil ao nosso elenco. Não é uma contratação de peso, mas pode ser uma aposta que dê certo, como foi o Elias, que quando entra no segundo tempo sempre deixa seu golzinho. Esse Hyuri pode ser um bom banco pra Vitinho e Lodeiro, e principalmente se muito Ùtil para impor correria no segundo tempo quando os adversários estiverem cansados, já que o Vitinho que fazia este papel agora é titular. 



Postado por Leonardo Alvarenga.

domingo, 18 de agosto de 2013

Dá-lhe, dá-lhe, dá-lhe Fogo! Seremos Campeões!

Arte sobre Foto de: Ale Cabral/LANCE!Press
2013. Sete gols de Rafa Marques só no Brasileirão. Ele que ficou 21 jogos sem marcar, é o artilheiro do time no campeonato.

Falar o quê? Tanta coisa prá dizer. Vamos lá! Não escrevo aqui no blog desde o 1º semestre quando o Botafogo caminhava para a conquista do estadual. Cheguei a pensar em acabar com o blog, mas o Álvaro Marcos, o Leonardo Alvarenga e o Neto Cordeiro mantiveram o blog  respirando por aparelhos com postagens esporádicas. Eu sempre me surpreendia com novas postagens e comentava. Por isto que é bom ter um blog coletivo. Ele nunca morre. Mesmo em tempos de Facebook.

E o Botafogo? Ah, o Botafogo! Este time nosso que tantas vezes nos frustrou. Neste domingo parecia que iríamos caminhar para o mesmo final. A síndrome de Hobin Hood. Mas mesmo não jogando tão bem, o Fogão venceu. Um resultado que mostra que o time este ano está diferente. Seedorf já disse que o grupo está fechado e determinado pelo título. Hoje, após o jogo, Jéfferson declarou que a equipe quer muito ser campeã.

O momento é especial. Por isto convoco a todos os botafoguenses a se unirem numa corrente positiva. Digam não ao pessimismo, às ponderações. Já somos líderes em seis rodadas, contra quatro do Cruzeiro, três do Coritiba e duas do São Paulo. Em 2007, estivemos perto da taça. Perdemos a liderança na última rodada do 1º turno justamente para o São Paulo.

Temos de nos livrar do estigma de cavalos paraguaios. No Troféu Brasil de Turf deste ano, o cavalo Aerosol largou na frente e não perdeu mais a ponta. É assim que temos de fazer até o final.

A última rodada será no dia 8 de dezembro, Dia de Nossa Senhora da Conceição e um dos aniversários do Botafogo.

Sonho aos 49 do 2º tempo cantar: "Dá-lhe, dá-lhe, dá-lhe Fogo! Dá-lhe, dá-lhe, dá-lhe Fogo! Dá-lhe, dá-lhe, dá-lhe Fogo! Seremos Campeões!"

Wesley Machado